Notícias em destaque

  Criciúma 140 anos: Satc

commentJornalismo access_time14/11/2019 10:50

Marca faz parte da história da cidade e foi pauta no projeto

Série A: Chapecoense entra em campo neste domingo (17); Avaí joga segunda (18)

commentEsporte access_time17/11/2019 14:00

Chapecoense recebe o Ceará na Arena Condá enquanto o Avaí enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, segunda-feira (18)

Tigre fica no empate e mantém viva chances de permanecer na Série B

commentCriciúma EC access_time15/11/2019 21:20

Do lado do adversário, o empate garantiu o título do Bragantino

Blog Dante Bragatto Neto

Desfalques

 personDante Bragatto Neto
access_time20/09/2018 - 12:58

O Criciúma viaja, hoje, para Belém do Pará, com três desfalques, em relação ao time que iniciou o jogo diante do Avaí, no último sábado. Mazola Jr não terá Marlon, que foi expulso; Elvis, com o terceiro cartão amarelo, e Zé Carlos, que teve o recurso julgado, ontem, e foi punido com dois jogos de suspensão, tendo que cumprir mais um. Fora isso, tem os casos de lesões. Mas, ninguém pode reclamar, pois, campeonato brasileiro é assim mesmo. Todos os times passam por estes problemas. O negócio é manter o foco, e ir buscar ponto ou pontos, contra o Paysandu.

Boa seqüência
Com moral, com o grupo vivendo fase de alto astral, o Criciúma tem todas as condições de “pensar grande”, nas próximas quatro rodadas. Tem agora, dois jogos longe de casa, neste sábado, e no dia 29, contra Paysandu e Boa Esporte, respectivamente. E depois, dois jogos em casa, contra Oeste e Brasil de Pelotas. Convenhamos, não são adversários poderosos. Mesmo com os problemas e limitações do Criciúma, dá, sim, para de forma bem positiva.

Plataforma
É desta forma que se refere o técnico, Mazola Jr, quando fala sobre a montagem do seu time. E esta plataforma tem dado resultado. O Criciúma deixa o adversário atacar, marcando bem, sem permitir a chegada mais forte, e aí, nos contra golpes, tem feitos seus gols. Não importa se tem mais ou menos, posse de bola. O negócio é vencer.

RASANTES

Situação muito importante para esta reação do time do Criciúma, pelo que tenho observado, é o bom ambiente no elenco. Isto é fundamental.

Como tenho viajado em todos os jogos do Criciúma, acabo convivendo com os jogadores. Vejo um ambiente bastante saudável.

Quando o elenco está fechado entre si, e com o comando sendo respeitador e respeitado, é meio caminho andado, no futebol.

Agradeço, honrado, por ter sido escolhido para ser homenageado, amanhã, em evento da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Criciúma.

GOL DE PLACA: visita dos jogadores, Marlon e Vitor Feijão, semana passada, aos enfermos do Hospital São José, que emocionou a todos.

GOL CONTRA: nove estádios, no Brasil, que receberam bilhões de investimentos, para a Copa do Mundo de 2014, não irão receber jogos da Copa América, em 2019.

Loucura

 personDante Bragatto Neto
access_time19/09/2018 - 12:51

Um torcedor me enviou uma mensagem, me perguntando se seria loucura, pensar que o Criciúma pode chegar ao G4. Claro que não, pois a matemática mostra que isso é possível. Claro que este pensamento vem, no momento, pela boa fase do Tigre, com três vitórias seguidas, nas últimas três rodadas. E o otimismo, de certa forma, é de se entender, pois o Criciúma fará dois jogos fora de casa, contra adversários que estão abaixo na classificação, Paysandu e Boa Esporte, e depois terá dois jogos em casa, contra Oeste e Brasil de Pelotas. Eu também pergunto: seria loucura, pensar no G4?

Dificuldades
Tudo bem que podemos sonhar com o G4, até porque, não é proibido sonhar. Seria uma maravilha, ver o Criciúma na parte de cima da classificação, brigando pelo acesso. Mas acho muito difícil essa possibilidade, diante dos problemas que o técnico, Mazola Jr, tem enfrentado, além das dificuldades, e equilíbrio nesta série B. Se tivesse mais, três ou quatro, boas peças, para posições fundamentais, no time, daria para brigar pelo G4.

Próspera
O Time da Raça parece estar credenciado para brigar pelo acesso à série B do campeonato catarinense. Quem sabe, com mais duas ou três peças no elenco, fique mais próximo disso. Se o objetivo é esse, penso que o Próspera tem que investir um pouco mais, pois vale a pena.

RASANTES

E o Internacional segue sendo freguês da Chapecoense, na Arena Condá. Vitória do Verdão do Oeste, segunda-feira, deu um fôlego ao time do oeste.

Como o próximo jogo da Chapecoense, será outra vez, na Arena Condá, contra o Fluminense, de altos e baixos, dá para o Verdão garantir mais três pontos.

Está boa a disputa na parte de cima da classificação, na série A, e também na parte de baixo, onde só o Paraná vai mesmo se encaminhando para o rebaixamento.

Seria legal ver o Próspera na segunda divisão, ano que vem, com o Araranguá voltando ao futebol profissional, na série C, como parece ser, mesmo, o caminho.

GOL DE PLACA: estréia do goleiro Bruno, formado na base do Criciúma, na segunda-feira, pelo Feirense, com vitória na Liga de Portugal, contra o Estoril.

GOL CONTRA: cirurgia no joelho vai tirar de campo, o resto do ano, o atacante, Pedro, jóia do Fluminense.

Em alta

 personDante Bragatto Neto
access_time18/09/2018 - 15:01

Depois de um início muito ruim, no segundo turno, onde ser criou um clima de muita desconfiança, por parte do torcedor, o Criciúma deu a volta por cima, ganhou três jogos seguidos, e jogos muito difíceis, principalmente contra Fortaleza e Avaí, e hoje vive um ótimo momento na série B do campeonato brasileiro. É evidente que nada está resolvido, ainda. Mas, de qualquer forma, hoje o torcedor está feliz, e muito mais otimista. E esse clima também é vivido dentro do clube, entre os jogadores. Alto astral não faz mal a ninguém. Muito pelo contrário.

Dois jogos fora
Agora, a seqüência da série B, marca dois jogos seguidos fora de casa. Serão confrontos contra adversários que brigam na parte de baixo, na classificação. O Paysandu, adversário de sábado, em Belém do Pará, é o primeiro fora da zona de rebaixamento, e o Boa Esporte, adversário do dia 29, em Varginha, é o lanterna do campeonato. São dois jogos para se preparar bem, e buscar pontos, deixando ambos para trás, e subindo ainda mais.

Sem afrouxar
Não existe jogo fácil, nesta série B. Vejam o exemplo mais recente, com o Fortaleza, que perdeu para o Criciúma, e na seqüência, para o Sampaio Correia. O Criciúma vive um grande momento, mas não pode dar mole. Precisa manter a pegada, especialmente no setor defensivo.

RASANTES

Apesar da fragilidade do adversário de domingo, gostei muito do time do Próspera, na super goleada aplicada no Curitibanos.

A vaga para a série B catarinense do ano que vem, deve ficar entre, Carlos Renaux (Brusque), Caçador, Próspera e Itajaí.

Muito legal a iniciativa da Federação Catarinense de Futebol, de homenagear o saudoso radialista, Milioli Neto, na Copa Santa Catarina.

Para enfrentar o Paysandu, sábado, em Belém, o técnico, Mazola Jr, tem problemas, de novo. Mas, ele tem sido muito competente para resolver estas broncas.

GOL DE PLACA: Henrique, de 14 anos, filho de Renato Martins, neto do craque do passado, Nivaldo Martins, está indo para o Flamengo, negociado pelo Criciúma.

GOL CONTRA: música cantada por parte da torcida do Atlético (MG), no clássico diante do Cruzeiro, de cunho homofóbico.

E que vitória!

 personDante Bragatto Neto
access_time17/09/2018 - 13:33

Não foi apenas a terceira vitória seguida, na série B do campeonato brasileiro. Foi uma senhora vitória, diante de um adversário muito qualificado. Foi uma vitória sofrida, com requintes de “crueldade”, quando o Tigre voltou muito mal para o segundo tempo, sofrendo o empate em poucos minutos. Mas, foi a vitória da superação, da força de vontade, e também da qualidade, pois, pelo menos em dois dos seus gols, o segundo e o terceiro, foram frutos de jogadas muito bem trabalhadas. Foi uma vitória, mais ou menos parecida, com aquela contra o Fortaleza, onde o Criciúma soube esperar a hora certa, para matar o adversário.

O jogo
Foi um bom jogo, bastante movimentado, e com cinco gols. E um jogo com essas características, não pode ser considerado, de forma alguma, um jogo ruim. Além do mais, como se diz na gíria, foi com emoção. Como foi, contra o Fortaleza, o Avaí começou melhor, pressionando o Criciúma. Mas aí, na primeira chance, gol do zagueiro Sandro. O segundo gol, no contra ataque rápido, com Vitor Feijão, iniciando a jogada, e depois, dando o toque final para Elvis. No gol da vitória, participação de Elvis, Sueliton, Sandro, e, por último, Andrew.

Próspera
O Time da Raça simplesmente atropelou o Curitibanos, na terceira rodada da série C catarinense. Atropelou é pouco. Na verdade, o Próspera esmagou, triturou, seu adversário. É difícil acreditar que o resultado foi 14 a 0, mas é essa a verdade. Não importa o que fez, e o que não fez, o Curitibanos. O Próspera fez sua parte.

RASANTES

Uma pena, mais uma expulsão do lateral esquerdo, Marlon, que vem fazendo um campeonato excelente. Pra mim, o melhor lateral esquerdo da série B.

Zagueiro, Sandro, mais uma vez, jogou muito. Fez o primeiro gol, e quase fez o terceiro, que o goleiro rebateu para Andrew.

No Próspera, destaque para Jessé, Henrique, Gustavo, Erinaldo (que fez cinco gols), e Matheuzinho (ex-Criciúma).

Dois filhos do ex-zagueiro, Alexandre Lopes (ex-Criciúma e seleção brasileira), fazem parte do elenco do Próspera, na disputa da terceirona catarinense.

GOL DE PLACA: torcida do Criciúma, mais de cinco mil torcedores, que empurraram o time, e vibraram muito com a vitória em cima do Avaí.

GOL CONTRA: Curitibanos, um fiasco na série C catarinense, sofrendo três goleadas, em três rodadas, a maior ontem, diante do Próspera, 14 a 0.

Agora é no campo

 personDante Bragatto Neto
access_time15/09/2018 - 12:25

O que era para ser feito, foi feito. Agora, vamos ver como as coisas irão funcionar, dentro de campo, onde tudo se decide. A grande discussão, antes do jogo contra o Avaí, é sobre a escalação de Fábio Ferreira, como um dos volantes do Criciúma, para este clássico. Será mesmo um volante, ou será uma espécie de terceiro zagueiro? Pela lógica, ele será mesmo um volante, já que os treinos não foram com três zagueiros. Eu não concordo com essa situação, mas respeito o conhecimento, e a estratégia do técnico, Mazola Jr. Prefiro confiar no comandante tricolor, torcendo para que tudo dê certo.

Respeito
O que é certo, é que, por ambos os lados, o respeito é muito grande, para com o adversário. O que não poderia ser diferente, pois se trata de um clássico catarinense. Quero que o Criciúma se saia vencedor, nesse confronto, no entanto, este é o jogo em que, qualquer resultado é normal. Creio que, nem Criciúma, nem Avaí, irá se atirar como louco, ao ataque. Mesmo o Criciúma, jogando em casa, certamente irá se cercar de todos os cuidados. Pela lógica, é um jogo para ser decidido nos detalhes.

Próspera
O Time da Raça tem a oportunidade de somar mais três pontos na terceirona catarinense, neste domingo. Seu adversário, o Curitibanos, em duas rodadas, foi derrotado duas vezes, sofrendo 13 gols, e não marcando nenhum. Logicamente, que, com estes números, o Próspera é mais do que favorito.

RASANTES

Apesar de o técnico, Mazola Jr, ter dito na véspera do jogo, que a escalação do Criciúma, não estava definida, não deve ter surpresa alguma.

Como o técnico tricolor afirmou que seu time terá que jogar, e não só marcar, fico pensando como será isso, com Fábio Ferreira de volante.

De qualquer forma, só saberemos o que será, e como será o Criciúma contra o Avaí, a partir do momento em que a bola rolar.

O Avaí vem pra esse jogo, com a fama de ser o visitante mais indigesto da série B. Fora, joga com todo o cuidado, indo só na boa.

GOL DE PLACA: ingressos a 15 reais, com doação de alimento não perecível, fez tanto sucesso, que mais 500 ingressos foram adquiridos pela Alianda, parceira do Tigre.

GOL CONTRA: Santos, mesmo reagindo na série A do Brasileirão, vive crise política preocupante, que prejudica desde as categorias de base do clube.

Grande Público

 personDante Bragatto Neto
access_time14/09/2018 - 13:05

O sucesso da promoção dos 1.500 ingressos a 15 reais, e um quilo de alimento não perecível, para cada ingresso, foi sucesso absoluto, no dia de ontem. Isto já mostra que teremos um grande público, sábado, por ocasião do clássico contra o Avaí. O time do Criciúma precisa desse apoio. Quem não gosta deste ou daquele dirigente, que não aprova o modelo atual de gestão do futebol, não pode deixar de gostar do seu time. O verdadeiro torcedor, ou, como queiram, o torcedor de verdade, está sempre com o Tigre, seja em qualquer situação que esteja. Se tiver que protestar, protesta, mas não deixa de estar ao lado do time, e de torcer.

Objetivo 45 pontos
Eu acho que, este ano, na série B, times que fiquem com 41, 42 pontos, não cairão. Mas, o objetivo de qualquer um, é somar 45 pontos, meta, esta, sim, que garante a permanência na segunda divisão. Daí para a frente, é tudo lucro. No caso do Criciúma, mesmo que a matemática mostre que é possível, eu não acredito que o time consiga figurar, no final, entre os quatro melhores. A realidade, como já disse o próprio técnico, Mazola Jr, é a permanência na série B. E aí, ficaremos na torcida, para que, em 2019, tenhamos um time mais forte, para brigar em cima.

Time da Raça
O Próspera, na condição de favorito, entra em campo, domingo à tarde, no estádio Mário Balsini, para ganhar do Curitibanos, e seguir na briga pela classificação. A não ser que o Orleans surpreenda, o caminho aponta para a classificação de Itajaí e Próspera, para a segunda fase da terceirona catarinense.

RASANTES

Sigo cravando o Palmeiras como o favorito, para ganhar a Copa do Brasil, mesmo com a derrota em casa, para o Cruzeiro, na quarta-feira.

Cruzeiro e Palmeiras, é um confronto de duas “raposas”, em matéria de mata-mata. Mano Menezes e Felipão tem muita experiência nesse tipo de jogo.

O Corinthians jogou como time pequeno, no Maracanã, diante do Flamengo. Apesar dos problemas do Flamengo, o considero favorito nesse confronto.

Torcida do Avaí, virá em grande número para Criciúma, sábado. Pelo menos esta é a informação que recebi de colegas da imprensa, da capital.

GOL DE PLACA: bela arbitragem do catarinense, Bráulio da Silva Machado, no jogo, Flamengo e Corinthians, no Maracanã, semifinal da Copa do Brasil.

GOL CONTRA: situação do gramado do Maracanã, que não condiz com a beleza e a história do estádio.

Força do Torcedor

 personDante Bragatto Neto
access_time13/09/2018 - 13:00

Eu sei que as coisas não estão como o torcedor do Criciúma, gostaria que estivessem. O torcedor quer o acesso à série A, e isso é perfeitamente compreensível. Eu não tenho essa visão, de que o Criciúma é obrigado a subir, porque minha função é narrar futebol, assim como comentar as coisas do time e do clube, e tenho que analisar sem usar o coração. Mas, o que vejo, neste momento, é a necessidade de o torcedor, pelo seu time, fazer um esforço, para oferecer seu apoio, pois o torcedor certamente não quer que seu time seja rebaixado, ou que viva esta situação de correr riscos o tempo todo.

Preços dos ingressos
O clube repete a promoção de ingressos, da semana passada, para o jogo contra o Avaí, “casando” a promoção, com a Timemania, que é fonte de receita, hoje, para todos os clubes de futebol profissional do país. Isso não é coisa só do Criciúma. Sei que tem torcedores que reclamam, querem ingresso mais barato. Entendo esta reinvindicação, porque a situação financeira não é boa para ninguém, mas também entendo a direção do clube, que tem uma carga pesadíssima de custos. Mas, quem sabe, possa vir algo bem mais agradável...

Jogo bom para jogar e para ver
Jogo contra o Avaí, clássico capital/interior, com o Tigre vindo de duas vitórias seguidas, é o jogo que todo jogador quer jogar. E é, também, o jogo que o torcedor quer ver de perto. Espero que tenhamos muita gente no estádio. Visibilidade para os jogadores, e espetáculo para o torcedor.

RASANTES

Encontrei o lateral esquerdo, Marlon, e o zagueiro, Sandro, após o treino de ontem, no CT Antenor Angeloni, e fiz questão de elogiar ambos, que estão jogando muito.

Na verdade, com as vitórias chegando, tudo fica mais fácil para o time, em geral. A falta de vitórias, e a presença no Z4, pesaram muito.

Vitória, sábado, diante do Avaí, será assinar a afirmação definitiva no campeonato. Será um jogo extremamente difícil. Mais uma pedreira, para se superar.

Domingo tem o Próspera, jogando em casa, diante do Curitibanos, na terceirona catarinense. Com o Time da Raça na condição de favorito absoluto.

GOL DE PLACA: performance do pequeno Operário, de Ponta Grossa (PR), em competições nacionais, decidindo a série C, contra o Cuiabá.

GOL CONTRA: ver nossa seleção nacional jogar um amistoso, contra um time sem qualquer condição técnica. Vergonhoso o “jogo treino” contra El Salvador.

Quem irá jogar?

 personDante Bragatto Neto
access_time12/09/2018 - 13:00

Segue o dilema do técnico, Mazola Jr, em relação a quem irá escalar para a posição de volante, no clássico de sábado, no Heriberto Hülse, contra o Avaí. O certo é que ele não terá, Jean Mangabeira e Eduardo. Pode ser que Liel poderá jogar, e, com poucas possibilidades, penso, em relação a Marlon Freitas. Qual alternativa, num caso emergencial, como este? Se ele tiver apenas, Ralph, à disposição, uma improvisação seria colocar o zagueiro Sandro, de volante, com Fábio Ferreira voltando à zaga. Mas eu acho que Liel vai acabar jogando.

Bom momento
Tomara que, pelo menos Liel, possa estar em campo, contra o Avaí, para ser o primeiro volante. Se ele jogar, não vejo maiores problemas, já que, Ralph, entrou bem, contra o Fortaleza. O momento é muito bom, por isso, mesmo com a ausência de jogadores importantes, não perco o otimismo, em relação a um bom jogo do Criciúma. E, acima de tudo, é um clássico, onde, normalmente, a disputa é equilibrada. Como o jogo é aqui, espero que o fator campo também ajude.

Promoções
Sócios em dia podem comprar 01 ingresso a 15 reais, mais cinco apostas da Timemania, com o Criciúma como Time do Coração. Não sócios, com as cinco apostas na Timemania, compram 01 ingresso a 30 reais. Preço normal é de 60 reais. É o que o clube pode fazer.

RASANTES

Motivo das promoções de ingressos, do Criciúma, casadas com a Timenania? Além de a Caixa Federal ser patrocinadora do clube, o Criciúma ganha dinheiro com isso.

Quanto mais apostas no Criciúma, como Time do Coração, na Timemania, mais o clube ganha, o que é fundamental, para a sua sobrevivência.

O Tigre vem de duas vitórias seguidas, a última diante do líder da série B, e o jogo é contra o Rival, Avaí. Tudo leva a crer na presença de um grande público.

Não posso pensar em menos de seis mil pessoas, no estádio, sábado. Não tem desculpas. Não tem Sábado Mais. E será um grande jogo.

GOL DE PLACA: os três clubes de Goiás, na série B, brigando em cima, pelo acesso à série A, com Atlético e Vila Nova no G4, e o Goiás, hoje, em quinto.

GOL CONTRA: amistosos da seleção brasileira, só em busca de dinheiro para a CBF, deixando a parte técnica de lado.

Dois grandes jogos

 personDante Bragatto Neto
access_time06/09/2018 - 14:54

Depois da vitória, enfim a primeira no returno da série B, diante do Juventude, em Caxias do Sul, o Criciúma se prepara para dois jogos especiais, no estádio Heriberto Hülse. Neste sábado, contra o Fortaleza, líder do campeonato, e na semana que vem, contra o Avaí. Dois adversários do G4, e especiais, porque o Fortaleza, do técnico, Rogério Ceni, e do artilheiro, Gustavo “Gustagol”, ex-Criciúma, é o melhor time da série B, e o Avaí, por ser um clássico estadual. Certamente, dois jogos, para grandes públicos na casa tricolor.

Promoções
Muito boas, as promoções do clube, para os jogos contra Fortaleza e Avaí. Claro que sempre tem gente que reclama, mas, futebol é caro, e, de graça, não tem como. O Combo para os dois jogos, é o mais interessante, pois custará 50 reais e mais cinco apostas na Timemania, marcando o Criciúma, como Time do Coração. E, se for só para o jogo contra o Fortaleza, também tem promoção para sócios e não sócios, “casada” com a Timemania.

Programação
Desde cedo, no sábado, a movimentação será grande, no estádio Heriberto Hülse, com muitas atrações, como o Pet Day, com feirinha para adoção de cães da ONG SOS Vira Lata; escolha e premiação do cão melhor caracterizado com as cores do Criciúma; exposição de camisas, e mais uma edição do Berçário do Tigre.

RASANTES

Bons amigos, grandes torcedores. Nesta semana de alto astral tricolor, lembrando dos vários carvoeiros que estiveram em Maceió, dando uma força ao time, como ocorreu na terça-feira, em Caxias do Sul.

O torcedor tem todos os motivos para estar em peso, sábado, no Majestoso. Um grande jogo, após a vitória contra o Juventude, para um grande público.

GOL DE PLACA: iniciativa do Criciúma, de unir-se à ONG SOS Vira Lata, para a realização do Pet Day, sábado, no pátio do estádio Heriberto Hülse.

GOL CONTRA: salários atrasados, plano de saúde dos jogadores cortado, agora com rodízio de funcionários, e redução da carne nas refeições. É a situação no Fluminense.

E que vitória

 personDante Bragatto Neto
access_time05/09/2018 - 13:07

O Criciúma fez um belo jogo, na noite de ontem, em Caxias do Sul. Foi superior o jogo todo, e outro resultado, que não fosse a vitória, seria injusto. Claro que o time tem problemas, tem limitações no seu elenco, e apesar da superioridade, não conseguiu criar muitas oportunidades de gols. Mas foi melhor que o Juventude, e mereceu ganhar. A vitória tem que ser, sim, comemorada, pois o time esteve para entrar, novamente, na zona de rebaixamento, o que seria triste. A vitória no Rio Grande do Sul, eleva o astral do time, mexe positivamente com o estado de espírito de todos, às vésperas do grande jogo, contra o líder do campeonato, no sábado, para que tenhamos o maior público do ano.

Preparado para se superar
O time do Criciúma foi muito bem preparado pelo técnico, Mazola Jr, para enfrentar o Juventude. O sistema defensivo foi perfeito, com grande atuação dos zagueiros e laterais. O meio de campo melhorou muito com Liel e Ronaldo como volantes, e com Eduardo, chegando mais à frente, no auxílio a Elvis. Ninguém jogou mal. E, se alguém afirmar que Zé Carlos apareceu pouco, convém lembrar que ele fez o mais importante, que foi “buscar” a falta que originou o gol do da vitória.

Agora o Fortaleza
Ganhar fora de casa, jogando bem, deixando o Juventude para trás, permanecendo fora da zona de rebaixamento, tudo colabora para que o estádio Heriberto Hülse receba, sábado, o grande público do ano, no confronto contra o líder Fortaleza, do técnico, Rogério Ceni. Teremos promoções interessantes para este jogo.

RASANTES

O Criciúma foi tão superior, que o goleiro Luiz, que voltou ao time, não foi exigido em momento algum. Não fez nenhuma defesa.

Na marcação o Criciúma foi perfeito. Falta fazer o ataque funcionar. O time chegou, mas não finalizou. Mas esse é um problema do conjunto, e não do individual.

E tinha gente que afirmava que o lateral esquerdo, Marlon, era ex-jogador. Ele joga muito, tanto na marcação, como, quando vai ao ataque.

Uma pena a ausência de Liel, no próximo jogo. Jogou muito, ao lado de Ronaldo, e seria peça importante, contra o Fortaleza.

GOL DE PLACA: presença da torcida carvoeira, na fria noite de ontem, em Caxias do Sul, premiada com a bela e importante vitória do Tigre.

GOL CONTRA: está feia a coisa no Fluminense, que teve cortado o plano de saúde dos seus jogadores, por falta de pagamento.

Jogo de seis pontos

 personDante Bragatto Neto
access_time04/09/2018 - 14:14

Criciúma e Juventude travam uma briga direta, hoje, à noite, em Caxias do Sul. O empate é ruim para ambos, pela situação em que se encontram na classificação da série B. Certamente, o Tigre irá encontrar sérias dificuldades, neste jogo. Pelos seus problemas, pelas suas limitações, e, claro, pelo adversário, que também precisa ganhar o jogo. Não dá para afirmar que esse é o jogo para o Criciúma conseguir sua primeira vitória, no returno, porque o Criciúma tem problemas, e não vem. Penso que seja um jogo igual, onde o detalhe vai resolver a parada.

Bem escalado
Sobre a escalação do Criciúma, para começar o jogo desta noite, é o que o técnico, Mazola Jr, tem de melhor, para suas necessidades. O deslocamento de Liel, para a posição de primeiro volante, pode dar maior sustentação à saída de bola, à qualidade no início da jogada, já que, Jean Mangabeira, que vinha como titular, é um jogador de marcação, de pegada. O grande problema do time, é seu meio de campo, e tem que funcionar, para ganhar o jogo de hoje.

Série A
Na elite nacional, está difícil de indicar um favorito ao título deste ano. Quem lidera não passa confiança. A dupla gaúcha é muito forte, com Internacional e Grêmio. E o Palmeiras, com Felipão, está crescendo. Na parte de baixo, vida dura para a Chapecoense, e tem tudo para cair um grande.

RASANTES

O Vasco da Gama está fazendo uma força danada para ser rebaixado de novo. Pelo que vem jogando, e pela sua atrapalhada administração, não será surpresa, se cair.

Vi o jogo da Chapecoense, contra o Palmeiras. Time fraco, e com sérios problemas internos. Estou achando difícil o Verdão do Oeste se salvar, este ano.

Entusiasmado com a estréia vitoriosa, o Próspera mira o Itajaí, no próximo domingo, na casa do adversário, e que também goleou na estréia da série C.

O entusiasmo é bom, mas o técnico, Paulo Baier, sabe que tem que trabalhar, para melhorar seu time. O Orleans, adversário da estréia, não serve como parâmetro.

GOL DE PLACA: brasileira, Marta, cinco vezes escolhida a melhor jogadora de futebol do mundo, indicada, agora, pela 14ª vez, ao prêmio.

GOL CONTRA: Jogos Abertos de Santa Catarina, hoje com pouquíssima cobertura da mídia esportiva estadual, muito longe do que foi no passado.

Estreia com goleada

 personDante Bragatto Neto
access_time03/09/2018 - 14:46

Não poderia ser melhor, a estreia do EC Próspera, na terceirona catarinenense. A volta do Time da Raça, ao futebol profissional, veio com uma goleada por 5 a 0, diante do Orleans. E a goleada poderia ter ser sido maior, pois o Próspera foi muito superior, contra um adversário, que na reta final do jogo, já não tinha mais fôlego algum. Muito bom o resultado, independente da qualidade e dos problemas do time do Orleans. Como disse, o técnico, Paulo Baier, o Próspera fez o que tinha que fazer. Vimos boas coisas, no Próspera, mas sabemos que é preciso melhorar, e que isto deverá acontecer, com a sequência de treinos e de jogos.

Amanhã é o Tigre
Compromisso complicado, amanhã, para o Criciúma, em Caxias do Sul. O Juventude, agora sob o comando do técnico, Luiz Carlos Winck, ex-Tigre, já mostrou algo diferente e positivo, na estreia do treinador, buscando um empate em 3 a 3, em Belém do Pará, diante do Paysandu. É confronto direto, o tal do “jogo de seis pontos”. A situação ficou muito ruim, pois o Tigre está fora da zona de rebaixamento, mas apenas por ter melhor saldo de gols. Bom resultado, amanhã, é vitória, para ultrapassar o adversário.

O time
As novidades no time do Criciúma, para amanhã, são, o retorno do goleiro, Luiz, e do zagueiro, Sandro, além da saída de Jean Mangabeira, para que Liel jogue de volante. Liel, hoje, está bem mais ambientado ao time, melhor fisicamente, e acho que é uma boa, que ele jogue como primeiro volante. Tomara que o zagueiro, Sandro, volte bem.

RASANTES

Liel pode jogar mais próximo dos zagueiros, quando necessário, até porque vinha jogando na zaga, ao mesmo tempo em que dará uma melhor saída de bola.

A tendência, pelas características totalmente diferentes de Mangabeira, é que o meio de campo do Criciúma, com Liel, tenha mais qualidade no toque de bola.

Jean Mangabeira é leve, importante para a marcação mais acirrada, ou no homem à homem. Liel, não tem a mesma velocidade, mas sua saída de bola é melhor.

O Juventude não vem bem. Poderíamos estar mais confiantes, mas o problema não é o adversário, e sim, o Criciúma, que não consegue se firmar.

GOL DE PLACA: além da vitória de goleada, na volta do Próspera, ao futebol profissional, destaque para o grande público que esteve no estádio Mário Balsini.

GOL CONTRA: derrota do Flamengo, no Maracanã, para o Ceará, adversário da zona de rebaixamento, com diferença de 20 pontos entre os dois, na classificação.

Time da Raça

 personDante Bragatto Neto
access_time31/08/2018 - 13:24

Será domingo, a estreia do Próspera, na terceirona catarinense, na volta do Time da Raça ao futebol profissional de Santa Catarina. Esta é uma luta de alguns anos, visando este retorno. Torço para que dê certo, pois o Próspera é um time simpático, que tem até mesmo o torcedor do Criciúma ao seu lado. Tenho ouvido vários torcedores do Tigre, afirmando que estarão prestigiando o Próspera, nesta sua caminhada, que pode resultar, dentro de alguns anos, seu retorno à primeira divisão. Estreia, em casa, no Mário Balsini, com certeza, com grande público.

Atração
Claro que a volta do Próspera ao futebol profissional, é o mais importante, mas, a presença de um ex-craque do nosso futebol, ídolo da torcida do Criciúma, como técnico do Time da Raça, certamente é algo que está chamando muito a atenção. Paulo Baier está apenas começando sua carreira como treinador, mas é o Paulo Baier, querido e admirado por aqui. Estou na torcida por ele, e tenho certeza de que ele também levará muita gente aos jogos do Próspera.

Tigre
Com jogo só na terça-feira, em Caxias do Sul, o Criciúma segue trabalhando, para buscar sua primeira vitória no returno da série B nacional. Está na hora, e, neste jogo de “seis pontos”, melhor ainda. Nada é fácil, ainda mais que sabemos das limitações do elenco. Mas é preciso se superar.

RASANTES

Técnico do Próspera, Paulo Baier, será a atração desta sexta-feira, no programa Eldorado Debate, à partir de 12:45 hs, na rádio Eldorado.

Dia das Crianças Tricolor, é o evento realizado pela torcida Guerrilha Jovem, e busca a doação de brinquedos, para 450 crianças do CRAS, em Criciúma.

Vamos nos unir por esta iniciativa da Guerrilha Jovem. Os brinquedos, que podem ser usados, desde que em bom estado, devem ser entregues na Loja Tigre Maníacos.

Pelo que disse, ontem, em entrevista coletiva, o Criciúma deve mesmo contratar reforços. Prioridade é um atacante de área.

GOL DE PLACA: neste sábado, a largada do regional da LARM, e no domingo, a estreia do Próspera, em seu retorno ao futebol profissional, na terceira divisão.

GOL CONTRA: destempero do atacante Zé Carlos, que lhe custou quatro jogos de suspensão, no julgamento de ontem.

Sofrência

 personDante Bragatto Neto
access_time30/08/2018 - 12:52

Esse é um termo bastante usado hoje em dia, relacionado à música sertaneja, e alguns outros ritmos. Mas serve também para referir-se ao torcedor do Tigre, que segue muito preocupado com o seu time, que não conseguiu vencer, até agora, no returno do campeonato brasileiro da série B. Claro que isso preocupa. Preocupa, claro, também, quem comanda os destinos do clube. Todos, estamos preocupados, esperando uma reação. O Criciúma precisa de vitórias, para se afastar do Z4. O próximo jogo é daqueles que denominamos de “jogo de seis pontos”.

Tempo
Depois de jogos próximos, que desgastaram bastante o elenco tricolor, o Criciúma ganha uma “folga”, que propiciou um pouco de descanso aos jogadores, no dia de ontem. Isso ajuda, e muito. E o time tem um tempo maior para trabalhar, visando o confronto contra o Juventude, em Caxias do Sul, na próxima terça-feira. Este é jogo para investir, para pensar e trabalhar, para fazer vir a primeira vitória, pois o time gaúcho, também não anda bem.

Paciência
O torcedor do Criciúma, aquele fiel, que não deixa de ir aos jogos, de forma alguma, tem feito a sua parte, e tem sido paciente com o time. Temeroso, mas sem deixar de ir ao estádio, e apoiar. E é por aí, mesmo, pois, se o torcedor abandonar, fica pior. Torcedor tem que estar com o seu time.

RASANTES

Claro que o torcedor pode reclamar, e deve cobrar, quando se faz necessário. Torcedor é paixão, e é normal extravasar na alegria, assim como reclamar e cobrar.

O Criciúma precisa se manter na série B. Ficou para trás, e não vai subir. Mas, repito o que sempre afirmo, a série B é um grande campeonato.

O desastre seria o rebaixamento à série C. Mas, eu confio que isso não vai ocorrer. Só que a reação precisa vir logo.

Ainda fica a esperança de que o Tigre receba dois ou três bons reforços, nos próximos dias, afinal faltam poucos dias para terminar o prazo de registros na CBF.

GOL DE PLACA: dia festivo para a LARM – Liga Atlética da Região Mineira, que realiza jantar festivo, na comemoração dos seus 70 anos, e lançamento do regional da LARM.

GOL CONTRA: momento mais do que conturbado no Santos, com uma bronca atrás da outra, dentro e fora de campo.

Ainda sem vencer

 personDante Bragatto Neto
access_time29/08/2018 - 12:46

O Criciúma lutou o que pode, mas, infelizmente, não foi dessa vez, que veio a primeira vitória no returno da série B do campeonato brasileiro. O time fez um ótimo primeiro tempo, contra o bom time do Guarani, e merecia, inclusive, melhor sorte. Por justiça, o Criciúma teria que ter feito seu gol, na etapa inicial. Depois, no segundo tempo, o Guarani voltou melhor armado, e diferente, da etapa inicial, se abriu mais, e criou certos problemas. No final, o empate acabou sendo o resultado mais justo, pelo que os dois times fizeram em campo. Claro, melhor para o Guarani, que veio buscar um ponto, em Criciúma.

Trabalhar e melhorar
Agora, com mais tempo, o Criciúma tem que trabalhar puxado, para buscar soluções para os seus problemas. É preciso vencer. E, como o próximo adversário passa também, por dificuldades, é a hora de investir para buscar a primeira vitória. Claro que é difícil, porque o Tigre tem suas limitações . Mas, de qualquer forma, como já disse o técnico, Mazola Jr, o nosso campeonato é contra aqueles que estão na parte de baixo da classificação.

Buscando os 45
A missão do técnico, Mazola Jr, é chegar logo aos 45 pontos, número de pontos que garantirá a permanência na série B. Eu acho que não será necessário tudo isso. O campeonato está indo para uma situação que poderá fazer com que, com 41 ou 42 pontos, se garanta a permanência. Mas, falta muito, ainda, para chegar lá.

RASANTES

Ronaldo e Marlon Freitas, foram os melhores jogadores do Criciúma. Os dois zagueiros, Nino e Liel, também fizeram bom jogo.

Achei interessante o posicionamento de Marlon Freitas, que foi praticamente, um ponta direita. Mas, de novo, faltou o meia para resolver.

Zé Carlos fez um bom primeiro tempo, e foi bem mais armador, que Elvis. No segundo tempo, faltou fôlego, e o Zé Carlos, sozinho na frente, não rendeu o mesmo.

A partir do momento em que Marlon Freitas se machucou, e o Criciúma, com três alterações já feitas, a coisa ficou ruim, e o empate acabou sendo bom negócio.

GOL DE PLACA: Bragantino, Botafogo (SP), Operário (PR), e Cuiabá, classificados para a série B do ano que vem.

GOL CONTRA: afastamento de Wellington Paulista, artilheiro da temporada, com 11 gols, do elenco principal da Chapecoense. As coisas não andam bem no Verdão.