Notícias em destaque

  Criciúma 140 anos: Satc

commentJornalismo access_time14/11/2019 10:50

Marca faz parte da história da cidade e foi pauta no projeto

Série A: Chapecoense entra em campo neste domingo (17); Avaí joga segunda (18)

commentEsporte access_time17/11/2019 14:00

Chapecoense recebe o Ceará na Arena Condá enquanto o Avaí enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, segunda-feira (18)

Tigre fica no empate e mantém viva chances de permanecer na Série B

commentCriciúma EC access_time15/11/2019 21:20

Do lado do adversário, o empate garantiu o título do Bragantino

Blog João Paulo Messer

BOEIRA ESPERA AGOSTO

 personJoão Paulo Messer
access_time02/04/2019 - 00:22

O ex-deputado federal Jorge Boeira desconhece a intenção do presidente municipal do PP em Criciúma, Itamar da Silva, de antecipar as eleições da Executiva para os próximos dias, como esse anunciou no fim de semana. Tido como o mais provável nome do partido à disputa da prefeitura, Boeira lembra que as convenções oficialmente ocorrem apenas em agosto. Só neste tempo ele vai dizer se está ou não no páreo da disputa municipal. Antes disso defende que se é para ser feita qualquer mudança, que seja a mais simples e estatutária possível, ou seja, que o vice-presidente Miri Dagostin assuma. Tem um grupo do PP que gostaria de antecipar estas definições. É o grupo ligeiramente inclinado a buscar a reaproximação com o prefeito Clésio Salvaro. Vai ter que esperar.

DIVISÃO NO PP
O grupo pró-Clésio dentro do PP reclama que o tempo de presidência de Itamar da Silva foi de paralisia. Provável, não fosse este o argumento, teriam outro para reclamar da presidência de Itamar. Acontece que assim como outros partidos, no PP tem gente que já está amarrada com o atual prefeito de Criciúma que ao seu estilo está começando a puxar a cora.

PSDB EM SAMPA
Hoje à noite em São Paulo o governador João Dória Júnior vai receber um grupo de tucanos de Santa Catarina, que liderados pelo prefeito Clésio Salvaro, de Criciúma, querem ouvir orientações sobre os rumos do PSDB nacional. A rigor, esta agenda pode ser apenas um movimento com demonstração de força na briga que Salvaro comprou para assumir a presidência estadual da sigla.

MERGULHO TUCANO
O PSDB catarinense, que na última eleição foi conduzido pelo deputado estadual Marcos Vieira, mergulhou numa crise muito grande. Errou feio quando na convenção trocou a cabeça de chapa por uma vaga de vice-governador do MDB. Apostou todas as suas fichas em Napoleão Bernardes, que hoje nem está mais no partido. Todos os partidos tradicionais perderam na última eleição, o PSDB perdeu mais.

CANDIDATA
Quando Clésio Salvaro fez um discurso reclamando dos sucessivos erros do PSDB, no início deste ano, o presidente Marcos Vieira ofereceu a ele a presidência. Ele declinou, mas quer que a deputado federal Giovânia de Sá assuma o partido.

DO NORTE
O ex-deputado federal e ex-prefeito de Joinville, Marco Tebaldi (PSDB), vai brigar pela presidência do partido no Estado. Aposentado, recuperado de um câncer, ele sepultou de vez a proposta de candidatura, seja na Executiva ou Legislativo. Ele tem o apoio, por exemplo, do atual presidente tucano Marcos Vieira.

ANIMAÇÃO PETISTA
Depois de fazer um evento em Florianópolis no fim de semana o Partido dos Trabalhadores começa a se mobilizar para ir voltando às ruas lentamente. No próximo sábado o presidenciável Fernando Haddad estará na capital para um evento petista. No domingo excursões várias cidades brasileiras irão à Curitiba para atos do “Lula Livre”, um ano após a prisão do ex-presidente.

ORLEANS
A eleição do empresário Lucas Librelato à presidência do PSDB em Orleans abre o cenário de possibilidades e curiosidades no município. Primeiro porque sua eleição vem com a informação de que ele pretende ser candidato a prefeito. Para isso deve administrar duas situações. A primeira é dentro do PSDB, sigla que tem como nome forte Màrio Coan. A segunda é na família, já que Ulisses Gabriel (DEM) figura como pré-candidato a prefeito.

GENÉTICA
Lucas Librelato elegeu-se vereador de Orleans com 1.240 votos e assumiu a presidência do Legislativo. Ele é filho de um dos mais conhecidos ex-prefeitos da cidade, Adolar Librelato, o Lali. No estoque de credenciais para pleitear a cabeça de chapa nas eleições de prefeito Librelato tem um documento que teria sido registrado em cartório em que o MDB do atual prefeito Jorge Koch teria se comprometido em oferecer a vaga de prefeito ao PSDB, que é hoje seu vice.

BRIGA QUE SE COMPRA SÓ
A briga que comprou com a Casan revela de novo que o prefeito Clésio Salvaro tem dificuldades em formar um exército. Campeão de votos, bom de discurso e extremamente resolutivo ele puxa suas lutas sozinho. Isso tem ficado evidente nos últimos dias em que apesar de ter uma boa causa, a redução da tarifa do esgoto e os royalties sobre o milionário lucro que a Casan tem no município, discursa sozinho. Nem mesmo aquele grupo de vereadores que se levantou contra a tarifa do esgoto, mas que não passou dos ensaios e discursos, dá eco à fala do prefeito, que fica sozinho. E o isolamento não é nenhuma estratégia. É que quando ele fala os arredores se calam.

FOI ONTEM As contestações à proposta de romper com a Casan começam a ganhar corpo. Na Câmara os vereadores antes favoráveis à redução da tarifa de água agora falam em riscos de um processo de municipalização. O superintendente da Casan foi à sessão do Legislativo ontem e ditou o tom do discurso. Saiu sob aplausos dos vereadores.

MUDANÇA Nos últimos dias a reclamação do alto valor da taxa de esgoto foi substituída pelo discurso do medo de consequências que a municipalização do serviço de água pode sofrer.

DE PÉ Depois de Joinville e Chapecó, ontem à noite o deputado presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia, ministrou palestra para a Associação Empresarial de Blumenau. Foi aplaudido de pé.

TREINADOS ASSIM Os vereadores da base aliada do governo em Criciúma até se mostram obedientes na defesa dos projetos, mas emudecem diante de uma debate mais acalorado. Pode ser porque é assim no debate interno. Rebeldia, só se for velada.

MAIS UM Ontem mais um da lista de sempre candidatos do MDB anunciou a saída do partido. Desta vez Toninho da Saúde, como é mais conhecido Antônio Giuliani, confirmou que vai para o PDT. Em 2014 ele chegou a assumir a Câmara por dez meses.

GRATIDÃO De saída do MDB, Toninho da Saúde fez um discurso de elogios aos líderes Eduardo Moreira, Ronaldo Benedet, Luiz Fernando Vampiro, Acélio Casagrande e Eraldo Peruchi aos quais chama de professores.

FRASE DO DIA
“Se for ou não (candidato), não vou olhar sob a ótica de quem é, ou de quem serão os adversários. A minha definição virá muito mais por uma questão de foro íntimo e de momento do que qualquer outro fator”.
Jorge Boeira, consultado sobre os fatores que devem influenciar numa possível decisão de candidatura a prefeito em Criciúma no ano que vem.

PSDB VAI OUVIR DÓRIA

 personJoão Paulo Messer
access_time01/04/2019 - 00:22

Uma audiência de um grupo de tucanos liderados pelo prefeito Clésio Salvaro se encontrará com o governador de São Paulo, Joõa Dória Júnior. Vai ser amanhã à noite em São Paulo. A agenda foi obtida pelo prefeito de Criciúma através do Secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, dada a relação de amizade entre eles. A ponte não foi feita por nenhum outro líder tucano. O ex-senador tucano catarinense Paulo Bauer, por exemplo, foi convidado para ir. O deputado estadual Vicente Caropreso também irá. Já o presidente estadual do PSDB, deputado Marcos Vieira não está na relação dos tucanos que vão buscar saber sobre o futuro do partido.

A MIGRAÇÃO
A saída de Toninho da Imbralit do MDB, idealizada na última sexta-feira ao acertar detalhes da sua ida para o PSD, abre a temporada de migração partidária, que pode mexer com quase metade da Câmara de Vereadores de Criciúma. Toninho só não anuncia oficialmente a mudança de partido para não correr o risco da perda de mandato. A janela que permite a troca ocorre apenas em março do ano que vem e dura 30 dias.

DE SAÍDA
O vereador Júlio Kaminski já foi “desconvidado” pelo PSDB e só não saiu ainda porque o partido não lhe entregou documento que permite sair sem correr o risco de perder o mandato de vereador. Outro que está na mesma situação é Zairo Casagrande, que foi “desconvidado” do PSD.

ESPECULAÇÕES
Outros dois nomes que figuram na lista das especulações de possíveis “migrantes” de partido são: Tita Beloli (PMDB) e Miri Dagostin (PP), ambos tidos como futuros filiados ao PSDB. Diferente de Toninho, estes tratam do assunto com sigilo. Tanto Miri como Tita desconversam sobre o assunto considerando que “neste momento não há nada disso”.

DE SAÍDA
Ex-vereador e membro histórico líder progressista (PP) Itamar da Silva deve deixar a presidência do partido em Criciúma. Inicialmente o anúncio oficial aos companheiros estava marcada para esta quarta-feira, mas terá que ser adiado. Será semana que vem. O mais provável é que o ex-deputado Jorge Boeira comande o partido.

ESVAZIOU
O PP é outra sigla que sofre com esvaziamento. Desde a saída de Daniel Freitas e do vereador Júlio Colombo, o partido restringiu-se ao poderio eleitoral do vereador Miri Dagostin. Inclusive suplentes saíram, como Ângela Melo que foi para o MDB. Semana passada o ex-assessor de Boeira, Renata Valvassori filiou-se ao PSD. Internamente Itamar é acusado de não fazer nada para estancar a evasão, nem reuniões.

MERÍSIO NO PP
Hoje às 17h, na capital, dirigentes do diretório do Partido Progressista terão reunião para debater a possibilidade do ex-deputado Gelson Merísio ingressar nos quadros do PP. O senador Esperidião Amin, que passou por Criciúma sexta-feira, preferiu dizer que é “apenas uma conversa”.

NOVA VENEZA
Embora o nome não seja anunciado hoje, o provável é que a presidência do PSDB de Nova Veneza fique com o prefeito Rogério Frigo. Até agora a presidência era do vereador Aroldo Frigo Júnior. Hoje às 18h, na sede da Câmara de Vereadores, o partido fará sua convenção municipal.

TUCANATO
No fim de semana o PSDB teve vários outros encontros municipais para eleger os seus novos dirigentes. Em Criciúma o partido fez a escolha sob a batuta do prefeito Clésio Salvaro, que é quem deve assumir a presidência da sigla.

CLÉSIO COM O PP
Sem que surja uma força de oposição em Criciúma, o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) figura como favorito à reeleição no ano que vem. Seus últimos movimentos têm criada amarras com vários partidos isolando principalmente o MDB. O PP, que foi seu aliado nas eleições de 2008 e 2012, mas que na eleição de 2016 esteve com o MDB, sempre foi um partido mapeado por Clésio. Hoje o prefeito não tem mais conversas oficiais com a direção do PP. As próximas mudanças neste partido, entretanto, devem reabrir o diálogo. O PP só não estará com Clésio se o ex-deputado Jorge Boeira conseguir bancar uma candidatura.

RESTAM DOIS Se o prefeito Clésio Salvaro mantiver as costuras que vem fazendo e evoluir a sua pretensão de contar com o PP, isola só o MDB e o PT, siglas que ele deseja enfrentar nas urnas.

NO PARQUE Sexta-feira, após agenda com o Minsitro de Ciência e Tecnologia, o prefeito Clésio Salvaro fez questão de levar o casa senador Esperidião Amin e deputada Ângela Amin para uma visita ao Parque dos Imigrantes no distrito do Rio Maina.

RECLAMAÇÕES A interpretação dos emedebistas que estão tratando da saída do partido apresentam como principal razão para sua insatisfação a perda de uma referência. A verdade é que o partido fica órfão a medida que o ex-governador Eduardo Moreira deixa a base.

TEM SEDE Os tucanos da Veneza – integrantes do PSDB de Nova Veneza – agora tem uma espécie de sede. É que do grupo de 15 pessoas que comprou uma área em Bom Jardim da Serra, só dois não são do partido: Vanderlei Spillere e Daniel Chico Ghelere.

REUNIÃO No último sábado, ao redor de churrasco com carne de carneiro e porco, o grupo do PSDB encaminhou detalhes da convenção do que o PSDB fará nesta segunda-feira à noite.

CONDENADA Semana passada saiu a primeira condenação de uma ação movida pelo Estado contra servidor que se ausentou do trabalho sob qualquer justificativa, mas trabalhou na campanha eleitoral. No caso em tela, uma professora apresentou atestado médico para se afastar do trabalho em setembro, mas trabalhou na campanha política. Foi condenada por enriquecimento ilícito.

CONVIDADO Primeiro Joinville, depois Chapecó e hoje à noite Blumenau. Este é o roteiro de palestras do deputado estadual Júlio Garcia (PSD) nas últimas três semanas. Deve ser ouvido em todas as principais cidades do Estado sobre o momento político de Santa Catarina.

É VITÓRIA Ao ser provocado para analisar o atual governo do Estado e até mesmo o desempenho do PP o senador Esperidião Amin passou a adotar um novo discurso. Lembra que todos os tradicionais foram derrotados pelo PSL, mas que o PP – coligado com o PSD de Gelson Merísio – venceu o MDB.

FRASE DO DIA
“Eu acho que esta reunião vai definir nada, mas é um encontro com aquele que foi nosso candidato a governador. Tem que existir. Não sei se ele vai se filiar ao PP. ”
Senador Esperidião Amin ao comentar a reunião que Gelson Meríso terá nesta segunda-feira com a direção estadual do Partido Progressista. A especulação é de que ele está definindo filiação no partido.

TONINHO DA IMBRALIT FORA DO MDB

 personJoão Paulo Messer
access_time30/03/2019 - 00:22

Os ajustes da mudança de partido foram encaminharas na tarde desta sexta-feira, mas legalmente é necessário esperar a “janela” - em março. Toninho da Imbralit, que estreiou no PP, de onde saiu no início da década passada, deixará o MDB para disputar a reeleição para vereador pelo PSD. A conversa aconteceu direto com o deputado estadual Júlio Garcia e testemunhada pelo deputado federal Ricardo Guidi e o vice-prefeito Ricardo Fabris.

SÓ O PRIMEIRO A pressa do vereador Toninho da Imbralit em acertar a transferência agora, embora efetivamente isso só vai ocorrer em março, acontece para guardar lugar. A inquietação se justificava com a intenção de muitos em mudar de partido.

SAINDO
Chamou atenção no grupo de Whatsapp do deputado Luiz Fernando Cardoso, Valmir, a saída de alguns líderes. Entre eles os vereadores Toninho da Imbralit e Tita Beloli.

ROMARIA Impressiona a agenda do deputado Júlio Garcia, quando está em Criciúma. Forma fila de lideranças à porta do escritório que ele mantém para atender a base em edifício do centro da cidade.

JANELA
A manter-se o cenário de momento vai faltar espaço na janela por onde devem pular políticos com mandato no legislativo municipal. Previsões sugerem que a sala do MDB é a que mais deve esvaziar em Criciúma.

FABINHO Conhecido cabo eleitoral é fiel escudeiro de Acélio Casagrande, Fábio Vicente, o Fabinho é outro emedebista que está de malas prontas e de partida para o PSD. Ele tratou do assunto ontem. Confirmou que já recebeu o que ele chama de “aval do Acélio” para sair.

TUCANOS O PSDB de Criciúma realiza sua convenção municipal de Cricúma neste sábado, mas não deve ter, ainda, o seu presidente. Esta escolha deve ficar para a semana que vem. Clésio Salvaro deve assumir, embora uma pesquisa qualitativa, recente, tenha feito com que ele esteja refletindo sobre o assunto.

PONTES FAZ VISITA À SC
A visita do Ministro de Ciência e Tecnologia à Criciúma, nesta sexta-feira, trouxe de volta os tempos em que fatos como este se transformam numa grande notícia. A presença de Marcos Pontes teve na UNESC a sua etapa prática de trabalho. Antes ele conheceu o projeto social do Bairro da Juventude e a SATC, agendas que parece tê-lo deixado encantado. Na UNESC ele se encontrou com cerca de duas dezenas de reitores de universidades comunitárias de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Ouviu reivindicações, mas não assumiu nenhum compromisso específico. Foi uma visita de cortesia. Antes de aterrissar em Criciúma o ministro se encontrou com o governador na capital do Estado.

OS PEDIDOS
Da UNESC o ministro ouviu três pedidos: o fomento (recursos) para implementação de um laboratório de práticas colaborativas e de inovação no Iparque; recursos para implantação do observatório sócio econômico e recursos para a instalação do Centro de Inovação Tecnológica.

VIDA DE DEPUTADOO
Chamou atenção em meio ao grande número de pessoas que acompanharam a visita do ministro Marcos Pontes, a cena em que a esposa do deputado federal Daniel Freitas levou os dois filhos do parlamentar para ver o pai. Ele explicou que está há três semanas em Brasília e que a agenda em Criciúma permitiu um rápido contato com os filhos e a esposa.

APOSENTADORIAS
O Conselho Deliberativo do CriciúmaPrev pediu verificação das aposentadorias de valores mais altas. Existem vários casos na ordem de R$ 20 mil. Diante da negativa ao pedido conselheiros anunciaram que vão à Justiça. mais de 20 mil. O Augusto Altoff se negou a fazer.

NOTIFICAÇÃO
A Câmara de Vereadores de Criciúma foi notificada nesta semana pelo Ministério Público, pedindo verificação de irregularidades na votação do projeto que autorizou o Executivo a parcelar o débito com o CriciúmaPrev.

MARCINHO
O progressista Márcio Marques, o Marcinho, assume na próxima semana uma das cadeiras no Legislativo de Morro da Fumaça. Ele permanece na Casa por 30 dias, período de licença do vereador Jerson Maragno (PP).

DE NOVO
Aos 69 anos, Marcinho que somou 339 votos assume pela segunda vez. A outra foi em 2006. Marques é o terceiro suplente do PP e assume porque a primeira suplente, Rosangela Pagnan Maragno, a Danda, e o segundo, Robson Francisconi, abriram mão.

URUSSANGA
Para buscar recursos que ajudem na manutenção do Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Urussanga, acontece neste sábado um bazar. Serão vendidos mais de 51 mil itens de produtos apreendidos pela Receita federal.

ASTRONAUTA POUSA EM JAGUARUNA

 personJoão Paulo Messer
access_time29/03/2019 - 00:22

O Ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, fará agenda em Criciúma nesta sexta-feira. Ele vem a convite da reitora Luciane Ceretta, para uma palestra sobre as “Perspectivas da Ciência e Tecnologia no Brasil atual”. A palestra é dirigida a um público restrito de reitores do sistema Acafe - que antes do evento principal terão uma reunião com ele - alunos de mestrado, parlamentares e uma relação organizada pela universidade. Na agenda foram incluídas outras duas visitas na cidade. A primeira será ao projeto social do Bairro da Juventude e a outra na SATC, onde lhe serão apresentados projetos relacionados ao carvão e o meio ambiente. A SATC comemora neste ano 60 anos. Pela manhã e até o almoço Pontes estará com o governador, na capital.

A MINISTRA VEM
O publicitário Willi Backes, organizador da Feira Agroponte se encontrou ontem com a Ministra da Agricultura, Teresa Cristina, em Brasília. Convite feito ela aceitou na hora. Virá à edição deste ano de um dos maiores eventos do mundo do agronegócio catarinense, que acontece entre os dias 14 e 18 de agosto.

JAGUARUNA
Ontem a RDL administradora do aeroporto de Jaguaruna confirmou a informação de que a partir deste sábado a Latam volta a operar naquele aeroporto. Para o presidente da ACIC, Moacir Dagostin, está afastada qualquer possibilidade de ter ocorrido ensaio de a empresa deixar os voos à região sul, aproveitando-se do problema no caminhão de bombeiros. “Foi questão técnica mesmo”, garante.

O FANTASMA
Ontem, de novo, saiu notícia nova sobre a situação do ex-deputado João Rodrigues (PSD). Desta vez o despacho é liminar e do subprocurador geral da república, reconhecendo a prescrição no caso da condenação que o levou à prisão. Mantida esta linha de entendimento, ele recupera os direitos políticos e pode buscar a vaga na Câmara dos Deputados. É só um passo e uma possibilidade, mas o fantasma segue atormentando a estabilidade do deputado Ricardo Guidi (PSD).

NÃO VAZAR
Para alinhar o discurso e antes de se encontrar com o governador semana que vem, o prefeito Clésio Salvaro vai se reunir hoje com os prefeitos de Içara, Forquilhinha, Maracajá, Nova Veneza e Siderópolis. Estas cidades podem sair junto com Criciúma do contrato com a Casan.

NA CASAN
O superintendente regional Serra/Sul da Casan, engenheiro Gilbero Benedet Júnior tem feito visitas aos municípios que anunciam possibilidade de rompimento de contrato com a empresa, acompanhando Criciúma. Em Nova Veneza, terça-feira ele ouviu que há tempos a empresa vem recebendo reivindicações e que tudo ficou na promessa. O cenário é crítico para a empresa.

ARARANGUÁ
Em Araranguá o ex-secretário municipal no governo Décio Góes, Ozair da Silva, o Banha, reassume a Câmara de Vereadores semana que vem. Ele é suplente e entra na vaga do vereador Jair Arcenego, o Anastácio, que se afastará por 30 dias para tratamento médico. Ambos são do PT.

NEGOCIAÇÃO
Em Maracajá aconteceu uma negociação salarial diferente. De um lado o prefeito Arlindo Rocha, considerado um dos mais hábeis negociadores e que atuou quase sempre como procurador laboral. De outro, servidores lotados na prefeitura como a presidente do sindicato Rosane Roldão de Fáveri. Rocha chegou a propor que o sindicato assumisse a gestão da folha concedendo o reajuste possível. A entidade rejeitou.

CHAPA PURA NA VENEZA
Enquanto prepara a convenção partidária para a próxima segunda-feira, o PSDB de Nova Veneza acende nos bastidores a discussão sobre a formação de chapa para as eleições do ano que vem. O vereador Edalto Bortolotto disse ontem que pretende ser candidato a vice-prefeito. Ele defende chapa pura. Já o PSD do atual vice-prefeito Zé Spillere tem anunciado que há um acordo verbal de antes da eleição passada de que em 2020 a cabeça de chapa seria dele. Edalto garante que esta possibilidade está descartada.

LINHA BAIXA Edalto Bortoloto é da chamada Linha Baixa, onde está a sua comunidade de São Bento Baixo, que a última vez teve como representante no Executivo o então vice-prefeito Arcangelo Nurenberg (MDB) com o prefeito Genésio Spillere (PP), do Caravággio.

AFUNDA Sobre a CPI da Ponte Hercílio Luz, o que mais se ouve é reclamação de que ela pode dar em nada por causa da sua composição. Reclamam da presidência na mão de um deputado que sequer assinou o requerimento de instalação. Ora, se fizeram de maneira açodada, na intenção de chegar resolvendo tudo, deveriam pagar por isso.

É GRAVE O risco de uma CPI dar em nada é grande. Pior, quando isso acontece sepulta o assunto encobrindo ainda mais o que já deveria ter sido esclarecido. Parece que é jogo encomendado para dar a impressão da moralidade.

SEMELHANTE Esta CPI da ponte parece o policial que mal chega ao quartel e decide se jogar no morro à caça de traficantes sem pelo menos planejar a incursão. A diferença é que neste caso morre gente, no caso da CPI quem morre pagando é contribuinte. Uma CPI pode custar até R$ 500 mil.

SEM FISCALIZAÇÃO Desde que o Estado assumiu a gestão do Hospital Materno Infantil Santa Catarina em Criciúma, a comissão formada por representantes de setores da sociedade, que fiscalizava todos os passos administrativos, foi desfeita.

FORQUILHINHA “Contagiado” pelo que fez o colega Jairo Custódio, no Balneário Rincão, o prefeito Dimas Kammer (Forquilhinha) fará a HaimatFest deste ano com shows gratuitos.

NO PP O senador Esperidião Amin deve estar coçando a cabeça com a decisão do presidente estadual do seu partido, PP. O deputado Silvio Dreveck convocou reunião da sigla para segunda-feira às 17h, na capital, com a participação do ex-deputado Gelson Merísio.

AFINAL Me refiro à preocupação de Amin porque Merísio já controlava setores do PP antes mesmo de estar no partido. Uma vez dentro da sigla a curiosidade é sobre o desfecho dos debates internos. Merísio costuma dominar a área onde está.

“Não sei desse acordo. O Géio (Rogério Frigo) é candidato a prefeito e eu pretendo ser vice. Isso é porque eles estão lidando com gente séria. Foi acordado a gente cumpre”.
Edalto Bortolotto, vereador do PSDB comentando, primeiro questionado sobre o fato do PSD reivindicar cabeça de chapa em coligação em 2020 e na segunda parte respondendo porque o PSD tem tanta força no atual governo.

Nova decisão no caso João Riodrigues

 personJoão Paulo Messer
access_time28/03/2019 - 11:30

Nova decisão jurídica, agora do subprocurador-geral da república, Mário Ferreira Leite, reabre a polêmica sobre a segurança da cadeira de Ricardo Guidi na Câmara dos Deputados. Foi confirmado hoje que através de um habeas corpus o ex-deputado federal João Rodrigues teve reconhecido a prescrição da pena num caso que o levou à cadeia e o tornou inelegível. O fato é de 1999 quando ele era prefeito de Pinhalzinho.
O que é muito pouco provável é que Rodrigues consiga vencer todos estes procedimentos e ainda consiga ser diplomado deputado fderal, mas o risco para a estabilidade da cadeira de Guidi, por menor que seja, existe.
De acordo com declaração dos advogados de Rodrigues agora se discute se o agente político apenas terá recuperados os seus direitos políticos ou se consegue também reverter o fato de não ter sido diplomado na última eleição, quando ele obteve 64 mil votos, portanto, suficiente para assumir uma cadeira na Câmara dos Deptuados.
A interpretação é que como a pena aplicada a Rodrigues foi de três anos um mês e quinze dias, o tempo para a prescrição é de oito anos, Assim ele não poderia ter sido condenado.
O portal SC em Pauta informa com detalhes as datas. Lembr que João Rodrigues foi condenado no dia 17 de dezembro de 2009 e, o julgamento dos recursos especiais e extraordinários aconteceu apenas em 6 de fevereiro de 2018, no Supremo Tribunal Federal. Com base nessas datas, é que Mário Leite reconhece a prescrição da pena de forma retroativa.
Diz o sub-procurador no despacho:“Ante o exposto, o Ministério Público Federal, como custos iuris, postula a declaração de extinção da punibilidade do recorrente pela prescrição da pretensão punitiva estatal”, escreveu.
O novo entendimento impede qualquer outra manifestação em contrário de parte da procuradora-Geral da República, Raquel Dodge.

AUDIÊNCIA REMARCADA

 personJoão Paulo Messer
access_time28/03/2019 - 00:22

O Governo do Estado parece ter pressa em conversar com o prefeito Clésio Salvaro para tratar do contrato de gestão compartilha do saneamento básico. Na terça-feira uma audiência para esta quarta-feira chegou a ser marcada, mas depois desmarcada porque a presidente da Casan não poderia estar presente. Ainda ontem o prefeito voltou a ser procurado e desta vez marcaram conversa para quarta-feira da semana que vem ás 11h, em Florianópolis. Diante disso Clésio chamou os prefeitos de Içara, Maracajá, Siderópolis, Forquilhinha e Nova Veneza para uma conversa de alinhamento de discurso para esta sexta-feira pela manhã. Enquanto isso a procuradoria do município segue o rito legal para comunicar a Cansa de um início do caminho de rompimento do contrato.

UNIMED
A vitória do médico Leandro Avani Nunes à presidência da Unimed não foi nos índices de vantagem esperados pela chapa, apesar de que por diplomacia o discurso seja ligeiramente diferente. Os cálculos internos indicavam algo em torno de 40 a 50 votos de diferença. Foram apenas 16. Numa coisa as duas chapas concordam: o desequilíbrio ocorreu na categoria em Araranguá.

JUNQUEIRA
Logo após a contagem dos votos, ainda no ambiente restrito, o atual presidente Valter Nei Junqueira fez feito apelo de união do discurso dos dois candidatos. Ainda na assembleia, o novo presidente pediu aprovação para que Junqueira permaneça por mais 90 dias auxiliando a diretoria que entra.

TRANSIÇÃO
Ainda ontem iniciaram os movimentos de transição no comando da Unimed em Criciúma. O prazo estatutário é de dez dias para transmissão do cargo. Não há data definida para a posse. Por enquanto apenas as questões burocráticas. No dia 4 o atual presidente ainda inaugura a ampliação do hospital.

AGRONEGÓCIO
A Ministra da Agricultura, Teresa Cristina, recebe hoje às 11h em Brasília o realizador da maior feita de agronegócio do sul do Estado, Willi Backes. Ele leva convite para que ela participe da Agroponte 2019, que acontece entre os dias 14 e 18 de agosto em Criciúma.

TEMA ESTRANHO
O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque parecia entender pouco do assunto carvão, ontem, no Senado. Ao ser questionado pelo senador Esperidião Amin divagou sobre o tema sem nada claro.

COLOMBO
Hoje e amanhã o ex-governador Raimundo Colombo participa em Aracajú (SE) de um encontro do PSD. Na semana passada foi em Teresina (PI). Ele é palestrante destes encontros como coordenador da Fundação Espaço Democrático, um braço da sigla. Nestas ocasiões se encontra sempre com o presidente nacional Gilberto Kassab.

ESTACIONAMENTO
Joinville lançou ontem um modelo diferenciado de estacionamento rotativo. Nas duas primeiras horas não há cobrança alguma. Passado este período a multa é com base do Código de Trânsito Brasileiro, que prevê valor de R$ 195,00 e cinco pontos na CNH. O anúncio levantou curiosidade.

PARTIDO INIMIGO DO POLÍTICO
Um dos dados apurados em pesquisa contratada pelo prefeito Clésio Salvaro, revela que o cidadão reage negativamente à ligação do agente público aos partidos políticos. A legislação brasileira prevê que alguém só chegue a um cargo através de uma das 36 siglas, mas são elas que se transformaram no maior inimigo do agente político. O fato é tão relevante na pesquisa que o prefeito analisa a possibilidade de rever a sua pretensão de assumir a presidência do PSDB, a partir da convenção municipal que acontece no próximo sábado.

PESQUISA Os mesmos dados que aconselham o prefeito de Criciúma em relação ao procedimentos políticos lhe dão excelentes números de avaliação e indicam que não há, hoje, adversário visível às eleições do ano que vem.

JÁ ESCOLHEU Quando Clésio Salvaro chegou à prefeitura, na primeira vez, teve ajuda de um fator que se tornou evidente: um adversário forte. Seus melhores índices de aprovação e votação ocorreram sempre que o MDB foi seu adversário, especialmente Eduardo Moreira.

DE NOVO Diante dos dados da pesquisa Clésio Salvaro não titubeou e já está selando o MDB como adversário, de novo. Usa para isso o fato de Paulo Meller (MDB) ter sido levado à Câmara Municipal pelo vereador Ademir Honorato, do MDB, para falar contra a proposta de municipalização da água.

TIRO DUPLO O fator “Pàulo Meller na Câmara” é interpretado pelo governo como escada dupla. A primeira para rotular o MDB como seu adversário político e a segunda para repetir o discurso em que ele busca diminuição da tarifa de esgoto para o cidadão.

NA SIDERA Sem que os dois tenham comentado o assunto, em Siderópolis dois ex-deputados estão na mira das possibilidades de disputar a prefeitura. Tecnicamente estariam habilitados, embora os dois hoje tenham o domicílio eleitoral em Criciúma: Cleiton Salvaro (PSB) e Valmir Comin (PP).

SÓ UM A mesma especulação que coloca Cleiton Salvaro e Valmir Comin na lista de possibilidades em Siderópolis conclui que se um for o outro não vai.

MELA MELA O deputado Pedro Uczai (PT) fez discurso na tribuna da Câmara dos Deputados, ontem, dizendo que o leilão da Ferrovia Norte Sul, que acontece nesta quinta-feira, é jogo de cartas marcadas. Deu o nome do vencedor: Vale do Rio Doce e o valor: R$ 1,6 bilhão.

ENTENDER COMO Os deputados do MDB estão se revezando na tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar providências do governo em relação a condição das rodovias. Espera ai! Como assim? Qual é o partido do governo que deixou as rodovias chegar nestas condições?

PROFISSIONALISMO Destaca-se o trabalho profissional do jornalista João Pedro Alves, por ocasião da eleição da Unimed. Desempenhou seu papel de assessor de imprensa de maneira brilhante, mesmo que a chapa assessorada não tenha sido a vencedora.

FRASE DO DIA
“Eu não achei a eleição apertada, pois precisa de um voto a mais e tive outros 15. Mas o ponto de desequilíbrio foi sim o Vale do Araranguá”.
Leandro Avani Nunes, eleito novo presidente da Unimed, comentando o resultado da eleição.

LEANDRO NUNES GANHA NA UNIMED

 personJoão Paulo Messer
access_time27/03/2019 - 00:22

LEANDRO NUNES GANHA NA UNIMED
Os votos dos médicos cooperados de Araranguá foram considerados como fator de desequilíbrio na acirrada disputa eleitoral da Unimed do Sul do Estado (Criciúma e Araranguá). Foi por uma diferença de 16 votos, que o médico Leandro Avany Nunes venceu a disputa eleitoral e foi eleito presidente, nesta terça-feira. A sua chapa obteve 199 votos contra 183 da chapa que tinha como candidato à presidente o médico Giancarlo Búrigo, O total de eleitores aptos a votar era de 404 médicos, sendo que 383 votaram. Foi registrado um voto em branco.

SEM AUDIÊNCIA
A Depois de chamar o prefeito de Criciuma para audiência hoje as 15h no Centro Administrativo o governador voltou atrás. Já era quase 21h, ontem, quando Clesio Salvaro foi informado. Logo depois de descobriu a causa: a presidente da CASAN não poderia estar presente. Ficou evidente que o governador não estava apenas atendendo a um pedido de audiência feito pelo prefeito ainda em janeiro. O governador pretendia mesmo tratar do assunto CASAN.

ESTILO JÚLIO
A posse de Júlio César Lopes foi surpreendente como normalmente são os atos que ele comanda. Havia muita gente, alguns há muito fora da circulação diária de ambientes como a prefeitura. Pontualmente às 15h, como ele havia anunciado, a arte invadiu o Paço Municipal, com uma série de apresentações. A solenidade propriamente dita durou cerca de 20 minutos e o discurso do Júlio menos de três minutos.

MÚSICA AOS OUVIDOS
Ao assumir a presidência da Fundação Cultural de Criciúma pela quarta vez, ontem, o cirurgião dentista Júlio César Lopes fez o discurso que o prefeito Clésio Salvaro queria ouvir. Lembrou que ao município cabe a infraestrutura básica e que aos demais as atividades que animem o turismo. Clésio entendeu que não terá um dirigente à porta do gabinete pedindo mais verba.

ULISSES NO DEM
O delegado de política, ex-presidente da associação estadual da sua categoria, Ulisses Gabriel (PSD) teve uma conversa com o ex-deputado João Paulo Kleinubing, ontem. O convite para trocar de partido é público. Ulisses está cotado para ser candidato a prefeito de Orleans. Se for para o DEM estará apenas voltando às origens. No município o seu sogro, já falecido empresário José Carlos Librelato foi fundador do Democratas ainda na versão PFL.

PRÓ REFORMA
Empresários brasileiros estiveram ontem Brasília para lançar a “Frente Parlamentar Mista Brasil 200”. A mobilização identificada com dirigentes empresariais reforça o discurso em favor da reforma da previdência. De Santa Catarina, Luciano Hang era um dos mais animados e agitados nos corredores da Câmara dos Deputados em Brasília.

NOVA VENEZA
O prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo sacramentou ontem a compra de uma nova área industrial. No ato foi autorizado o pagamento da primeira parcela no valor de R$ 720 mil, das três que serão pagas com recursos próprios. A área adquirida é de 50 mil metros quadrados, na localidade de Picadão.

A UDN E A CASAN
Um dia após abrir pesquisas encomendadas para consumo interno e limitar-se a comentar que os números são animadores, o prefeito Clésio Salvaro apresentou nos corredores da prefeitura duas leituras para o cenário que vai enfrentar em 2020. O primeiro é de que a UDN é ao natural um partido que terá muitos aliados seus, inclusive aqueles admiradores que ele tem no Partido Progressista. Na outra interpretação comentou que a ida de Paulo Meller à Câmara de Vereadores, nesta semana, para contrariar a proposta de rompimento com a Casan é um movimento do MDB. Ao seu estilo o prefeito parece demarcar território, carimbar aliados e oposição. Os comentários foram feitos ao longo das caminhadas nos corredores da prefeitura, numa tarde movimentada, ontem.

FICA CLARO Investidas do prefeito Clésio Salvaro sobre alguns nomes da base do Partido Progressista já não disfarça mais o interesse dele em fragilizar um partido que recentemente foi seu aliado. Fragilizar e empurrar o PP para a oposição junto com o MDB é hoje a estratégia que todos já identificaram no prefeito que tem sabida habilidade na construção de suas candidaturas.

NA MUDA No início do ano o presidente municipal do PP em Criciúma, Itamar da Silva, chegou a anunciar que “na próxima semana” o ex-deputado Jorge Boeira iniciaria roteiro por alguns bairros. A tal “semana” parece não ter chegado. A interpretação é que ele estaria recuando.

TEM MAIS O vereador Ademir Honorato “descola” a possibilidade da ida de Paulo Meller à Câmara falar contra o projeto de Clésio Salvaro em relação à Casan ter sido uma estratégia partidária – do MDB. Garante que este foi apenas um capítulo da articulação para evitar o que ele chama de “aventura” de um rompimento precipitado com a Casan.

AGENDA O deputado federal Daniel Freitas tomou o cuidado de dar o devido reconhecimento à reitora da Unesc, sobre a visita do Ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Nas entrevistas concedidas ontem o parlamentar que cuidou da elaboração da agenda lembrou que a reitora é quem fez o convite ao ministro, ainda em janeiro.

NAS BASES O deputado Júlio Garcia, presidente da Assembleia Legislativa pode ficar um fim de semana longe da sua base, por conta da agenda, mas não se afasta por muito tempo. No próximo fim de semana ele terá uma série de encontros. Ele está formando forte base aliada na região sul.

DE SAÍDA Sem confirmar período para troca de partido ou sua futura sigla, o vereador Júlio Kaminski – que segue filiado ao PSDB – admite conversas com o Democratas de João Paulo Kleinubing.

E DAÍ JÚLIO? A todo momento provocado para dizer para qual partido vai, o vereador Júlio Kaminski tem a resposta na ponta da língua: “vou tratar disso quando o PSDB me entregar a ata da reunião em que dizem ter me liberado para sair do partido”. Ele não tem pressa, pois o futuro não está claro.

FRASE DO DIA
“Júlio, vai mais devagar para que eu possa de alcançar....”
Beverly Costa, colunista social, em 1980, dirigindo-se a Júlio Lopes, desde ontem de novo presidente da Fundação Cultural de Criciúma. Júlio lembrou a frase durante seu discurso de posse.

REFORMA ENXUGA O ESTADO

 personJoão Paulo Messer
access_time26/03/2019 - 00:22

À primeira vista a reforma administrativa do Estado de Santa Catarina deve gerar uma economia de cerca de R$ 124 milhões a cada um dos quatro anos do atual mandato. Este número vem especialmente da redução de pessoal em mais de dois mil cargos, na maioria considerados de “duplicidade”, ou seja, onde um pode fazer o trabalho de dois, ou mais. O pacote passa ser “desembrulhado” pelos deputados a partir de hoje, mas com urgência, para que seja aprovado no tempo que o governo deseja. Se a teoria do governo estiver certa ao final de quatro anos pode ser assegurada economia na ordem de meio bilhão de reais.

DIA DE ELEIÇÃO
A eleição da Unimed se mostra como aquele paciente cujo diagnóstico parece insuficiente para avaliar o quatro. Só quando a operação começar é que algumas coisas serão melhor avaliadas. Me refiro ao aparente ambiente de absoluta cordialidade que ficou nas entrevistas dos dois candidatos, ontem. O discurso público de ambos é ponderado. No ambiente interno nem sempre vem sendo assim. A promessa de ambos, de que vencidos serão acolhidos pelos vencedores, é coisa para São Tomé.

MINISTRO NA UNESC
A visita do Ministro da Ciência e Tecnologia à Santa Catarina, sexta-feira, com agenda na capital e em três locais no Sul, começou a ser construída no final de janeiro. Na ocasião a reitora da Unesc, Luciane Ceretta, visitou o gabinete do ministro e deixou o convite com a assessoria de Marcos Pontes. A data de 29 de março foi indicada pela reitora.

AGENDA PRONTA
A agenda do ministro Marcos Pontes foi fechada ontem. Antes de visitar Criciúma ele terá compromisso na capital do Estado, onde visita o Sapiens Parque e o centro tecnológico que é referência no país. Como antecipado aqui na coluna, em Criciúma o roteiro inicia pelo Bairro da Juventude às 15h, SATC às 16h30min e na Unesc um tempo bem mais longo.

NA PAUTA
O presidente da Assembleia Legislativa recebeu ontem a reitora da Unesc, o presidente da ACIC e o vice-prefeito Ricardo Fabris, para tratar de dois projetos específicos de Criciúma. A conversa já havia sido iniciada quando ele visitou a Unesc. Trata-se da efetiva construção e implantação do Centro de Inovação Tecnológica e o Plano de Desenvolvimento Tecnológico.

É TETRA
Júlio César Lopes, que assume hoje a presidência da Fundação Cultural de Criciúma está retornado pela quarta vez ao cargo. Em todas as anteriores deixou o órgão em condições bem melhores do que quando assumiu. É do estilo que agrada o prefeito Clésio Salvaro, não reivindica nada ao governante municipal e constrói os eventos com apoio externo. Tem ritmo provavelmente tão, senão mais intenso que do prefeito que é conhecido pela intensidade com que trabalha.

NO TURISMO
Recentemente Júlio Lopes recebeu alguns ensaios de apoio de setores do Sul do Estado para assumir um cargo no Turismo do Estado, situação descartada por ser pai do deputado estadual Jessé Lopes. Ele tem insistido, mais do que das outras vezes, no setor turismo. Tem um projeto que deve ser aplicado agora.

O ECO DA FALA DE MELLER
No Paço Municipal a sessão de ontem na Câmara de Vereadores de Criciúma foi acompanhada ao vivo pela transmissão na página oficial do Legislativo no facebook. Isso porque o ex-diretor operacional da Casan, engenheiro Paulo Meller, foi falar na condição de um cidadão criciumense sobre a proposta do prefeito Clésio Salvaro em municipalizar os serviços. O tom da fala de Meller foi em forma de alerta para os riscos jurídicos e operacionais que a mudança pode significar à população. O convite partiu do vereador Ademir Honorato (MDB), um dos mais ferrenhos da oposição. O comentário na prefeitura passa a carimbar o MDB como contra a proposta de municipalização do saneamento.

CONHECE Poucas pessoas conhecem tão bem a Casan e o sistema de abastecimento de água e rede de esgoto de Criciúma como o engenheiro Paulo Meller. Além disso ele tem a vantagem de já ter sido prefeito de Criciúma.

TEM PAUTA Da forma como ecoou forte, ainda ontem, na prefeitura a fala de Paulo Meller, parece que vem ai uma nova pauta polêmica envolvendo o governo e a oposição na Câmara Municipal.

ARGUMENTOS De um lado a oposição deve repercutir os comentários de Paulo Meller alertando para os riscos que significa a municipalização do serviço de água e esgoto. De outro o governo deve metralhar o MDB, procurando rotular o partido como autor de uma construção que impeça o alcance dos ganhos reivindicados à Casan, que é o estodo mais barato e royalties pela exploração do serviço.

MAURIQUE O juiz federal Jorge Maurique, desembargador federal do Tribunal Regional federal da 4ª Região assumiu ontem como juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Gaúcho que escolheu a cidade de Criciúma, desde que passou por ela como juiz, para residir já foi presidente do Conselho Nacional de Justiça e presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil.

CHEGANDO Júlio Lopes promete transformar o seu dia de posse em data inesquecível na prefeitura. A solenidade ocorre às 16h, mas as atrações culturais invadem o Paço Municipal muito antes. Ele chega chegando.

UNIMED Do que se recolheu nos bastidores da eleição que acontece hoje é que até no item transporte de eleitores o processo se aproxima com as chamadas eleições gerais. Para garantir voto e não perder a oportunidade daquela última palavra tem médico oferecendo carona para colegas.

AGENDA A discussão sobre a agenda do ministro Marcos Pontes em Criciúma, sexta-feira, bateu no todo poderoso ministro Onix Lorenzoni, que em meio a toda turbulência de Brasília teve que mediar o poder da autoria sobre a condução do roteiro. Desnecessário.

FRASE DO DIA
“A Casan ou qualquer Samae não tem como baixar o preço da água sem autorização de uma agência reguladora. O Ministério Público questionou a tarifa de esgoto em Criciúma e os técnicos viram que o preço era aquilo mesmo. No caso de rompimento o que mais me preocupa é a questão jurídica e depois a do abastecimento”.
Paulo Meller, ex-prefeito de Criciúma e ex-diretor operacional da Casan, falando ontem na Câmara de Vereadores de Criciúma.

MINISTRO EM TRÊS LOCAIS

 personJoão Paulo Messer
access_time25/03/2019 - 00:22

Hoje a tarde será fechada a agenda do Ministro de Ciência e Tecnologi em Criciúma sexta-feira. Ele chega no meio da tarde num avião da FAB com lugar para 12 pessoas. Passa por Florianópolis onde deve apanhar o governador Carlos Moisés da Silva e o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Lucas Esmeraldino. Depois descem em Jaguaruna. No roteiro prévio estão na agenda o Bairro da Juventude, a SATC e à noite palestra na Unesc. Ele fecha o roteiro em colaboração com o gabinete do deputado federal Daniel Freitas, responsável pela vinda dele à Criciúma.

A REFORMA
Caracterizado pelo fato de não deixar vazar informações o atual Governo do Estado vai divulgar hoje a reforma administrativa. Só quase três meses após assumir e mais de cinco meses após ser eleito, é que o governo apresenta como pretende ter a máquina que vai gerir o Estado. O governador Carlos Moisés da Silva leva a reforma pessoalmente à Assembleia Legislativa, hoje às 15h. Os deputados precisam aprova-la.

O BATMAN
Cristiano Zanetta de Matos, o Batman, será homenageado na Câmara de Vereadores de Criciúma nesta segunda-feira. Ele ficou conhecido no país pelo trabalho que faz com crianças hospitalizadas. Tudo começou numa visita a um paciente com câncer em Criciúma. Morador de Urussanga, hoje recebe convites de várias cidades brasileiras para palestras sobre o seu trabalho. A proposta é do vereador Júlio Kaminski.

SUPER-HERÓI
No seu primeiro atendimento Batman – conhecido assim porque se veste com a fantasia do super-herói – chegou a quebrar uma porta para impactar na sua performance. O resultado obtido é impressionante, por isso indicado inclusive por médicos.

A NOVA UDN
Aconteceu sábado no auditório do Zatta Palace Hotel em Criciúma a primeira reunião para fundação da nova UDN. Reuniram-se dirigentes de municípios da AMESc e AMREC com direito a ambiente lotado e animado. O discurso é o da fidelidade ao presidente Jair Boklsonaro. A articulação em Santa Catarina vem sendo feita pelo criciumense Júlio César Lopes.

ROTEIRO NO OESTE
Na sua passagem por Chapecó, na sexta-feira e sábado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júlio Garcia, foi insistentemente perguntado pelos repórteres sobre 2022. Ao seu estilo desconversou negando que seja sua pretensão. Quando questionado sobre o PSD também contornou todas as tentativas de arrancar dele uma palavra sobre a saída de Gelson Merísio, por exemplo.

PADRINHO
No sábado o presidente Assembleia Legislativa, deputado Júlio Garcia foi homenageado numa solenidade muito emocionante, que reuniu todas as APAEs de Santa Catarina. Ele é considerado o maior incentivador destas instituições. É dele a proposta de lei destinando dinheiro do Fundo Social às APAEs.

ESTADUALIZANDO
A leitura mais perto da unanimidade de quem vive a política mais intensamente é que Júlio Garcia já trabalha para estadualizar o seu nome. No meio político ele nem necessitaria de tal movimento, mas agora nos referimos a uma divulgação de massa. E tudo isso só por uma razão: a percepção de que ele deve ser candidato a governador em 2020.

AMANHÃ TEM ELEIÇÃO
Não há comparativos recentes, pois o atual presidente está no cargo há 20 anos, mas a eleição da Unimed é daquelas que não repercute apenas no restrito colégio eleitoral de pouco mais de 400 médicos associados. Os atentos olhos sobre este processo vêm de várias direções. Setores aparentemente desinteressados no processo aparecem pedindo voto ou impulsionando material de campanha. Tem até agente político partidário exercendo a sua habilidade na campanha. A votação é amanhã. Duas chapas concorrem. A conquista do voto não é um processo apenas baseado no programa de gestão ou identificação da capacidade dos gestores, mas também no retorno específico de alguns grupos ou médicos terão com este ou aquele presidente. Para o entendimento direto do leitor é possível dizer quem tem muitos interesses diretos no ramo médico em jogo.

CURIOSO Digno de aplausos as conquistas da equipe de tecnologia da prefeitura de Criciúma, que por seus méritos trouxe à cidade o 4º Congresso de Cidades Digitais. Difícil, porém, entender como este setor é tão bom se temos na prefeitura um site tão difícil de navegar em termos de transparência.

AUDIÊNCIAS Aquela visita em comitiva, dos prefeitos do extremo sul do Estado não foi a única recebida pelo governador. Outras regiões também já estiveram ou agendaram audiência coletiva com Carlos Moisés da Silva.

CADÊ? Chama atenção o silêncio de alguns órgãos de investigação no Estado, como as unidades do Gaeco no Sul do Estado. Há muito não se ouve nada a respeito destes trabalhos. O fato registra frequentes comentários de bastidores.

MOREIRA Apesar de em Criciúma a maioria dos ligados a Eduardo Moreira dizer que ele não deve retornar ao comando estadual do MDB, não é o que se cogita em outras regiões do Estado. A interpretação por lá é que ele articula para ser presidente do partido. Quem conhece Moreira mais intimamente aposta que ele quer mesmo e se despedir com eleição para o Senado. Em 2022 será apenas uma vaga.

REUNIÃO Durante solenidade de lançamento de um documentário contando os seis anos do governo de José Augusto Hülse, sexta-feira à noite reuniu-se um grande número de líderes políticos da cidade.

RECLAMOU No ato para José Augusto Hülse, o dono do estabelecimento sede do ato, o Hotel Interclass, Gilson Pinheiro, pediu a palavra e aproveitou para criticar o prefeito Clésio Salvaro, que estava presente. Reclamou da ideia de obra de rebaixamento da avenida Centenário.

FRASE DO DIA
“Eu serei presidente do partido e vamos trabalhar para compor uma relação forte de candidatos a governador. Será candidato quem estiver alinhado com o partido. ”
Clésio Salvaro, prefeito de Criciúma, falando durante a reunião de preparação à convenção que o partido realiza na semana que vem. O recado foi para vereadores que estão votando contra o governo.

RESPOSTA DO MDB NA FOTO

 personJoão Paulo Messer
access_time23/03/2019 - 00:22

O prefeito de Florianópolis declarou após a prisão de Michel Temmer críticas ao próprio partido. Enquanto se especula que ele deve deixar a sigla disse: “O MDB era dirigido por uma quadrilha”. Gean Loureiro foi imediatamente contra-atacado possivelmente por gente do próprio partido. Na capital circula uma foto onde ele aparece abraçado com Michel Temer e ao lado de Ideli Salvati, durante a campanha presidencial de 2014. A foto é considerada “fogo cruzado”.

HORA CERTA Já é considerado que aqueles que saíram do MDB antes da prisão de Temer fizeram-no em momento adequado. O comentário é geral pelo Estado. Na lista destes está o ex-prefeito de Turvo, Ronaldo Carlessi. Apesar de ser considerado uma espécie de reserva moral do partido no Sul, ele era da sigla mais manchada no país atualmente.

ECOS DA CASAN
Nesta semana, quando se reuniu com os 21 prefeitos presidentes de associações regionais, o governador Carlos Moisés da Silva deu uma declaração que deixa evidente sua preocupação com a situação do contrato da Casan com a prefeitura de Criciúma. Ele fez um apelo para que os prefeitos sejam parceiros e olhem para a empresa de maneira especial. Para isso invoca o fato da empresa ter gestão que ele ressalta “técnica”. A este fator credita sua expectativa de que o resultado da empresa será bem melhor. Se o recado mereceu discurso num discurso curto, fica evidente o tamanho da preocupação e a intenção do recado direto. Intriga o fato do prefeito Clésio Salvaro ter retornado do encontro e mandar agilizar os procedimentos para criar mecanismo de rompimento com a Casan e municipalização da gestão dos serviços. Pode ter se sentido provocado porque o recado foi genérico e nenhuma conversa direta com Criciúma.

ESTRELANDO... O ZÉ
Um ato restrito a familiares, amigos e alguns ex-assessores da administração municipaldo então prefeito José Augusto Hülse, foi palco para o lançamento de um documentário sobre os seis anos de mandato, entre 1983 e 19898. O trabalho é do jornalista Nei Manique está no seu canal de youtube. Trata-se do vídeo "Zé: 30 anos depois. Reminiscências de um governo popular".

NA PAUTA
O fechamento do Aeroporto Regional Humberto Ghizzo Bortoluzzi, nesta semana, acendeu a luz amarela do setor produtivo no Sul do Estado. Associação Empresarial de Criciúma deve discutir o assunto na sua reunião semanal de segunda-feira. O fato ocorreu na quinta-feira e por todo o fim de semana a Latam decidiu não realizar os seus voos com o destino de Jaguaruna. A Azul opera normalmente.

AEROPORTO
A responsabilidade do aeroporto é do Governo do Estado e o fato gerador do fechamento só reforça esta responsabilidade, pois ocorreu em virtude da ausência de um mecanismo de segurança garantido pelo Corpo de Bombeiros. A RDL, empresa administradora, é contratada do Governo do Estado.

TURISMO
No ano passado as operadoras de viagens do país arrecadaram R$ 1,2 bilhão em pacotes cujo destino foi Santa Catarina. O dado foi revelado pela Associação Brasileira das Agências de Viagens e leva em conta apenas as agências associadas. O número é considerado muito significativo, já que não contabiliza compras feitas de forma direta pelos turistas nas empresas, sem agência.

NOVA ERA
O governo municipal de Nova Veneza aposta em mecanismos que injetem mais recurso na economia através do turismo. Nos próximos meses deve sair oficialmente novo equipamento com este objetivo. Trata-se do já anunciado canal para navegação de uma nova Gôndola. O canal terá quatro metros de largura e 200 metros de extensão paralelo a uma das ruas laterais da praça central.

RUA COBERTA
Premiado como uma das melhores cidades digitais do Estado, o prefeito de Rio Negrinho, no norte catarinense, Julio Ronconi (PSB) visitou Nova Veneza para conhecer o projeto da Rua Coberta.

ADVOGADOS Proposta do deputado estadual Nilson Berlanda (PR) sugere que seja criada lei que dê poderes ao advogado para autenticar cópias de documentos na administração pública estadual. A proposta prevê que os documentos digitalizados juntados por advogados nos processos, têm a mesma validade dos originais. A ideia é dar agilidade aos processos.

CONSULTADO Pelo menos duas vezes nesta semana o ex-superintendente regional da Casan, Vilmar Bonetti, foi visto em reuniões da prefeitura de Criciúma. Embora evitem falar sobre o assunto, ele estaria sendo consultado pelo governo sobre a criação de um órgão municipal para gestão da água e esgoto.

PELA CASAN Chama a atenção como a agência da Casan em Criciúma, que antes era restrita no atendimento a setores externos, está abrindo os contatos e criando canais de comunicação. Digno de elogios a forma como técnicos tem abraçado a questão da empresa. Se isso vai provocar efeito na relação com as prefeituras da região não se sabe.

A CAUSA Há duas formas de entender a preocupação e a mobilização da equipe técnica em favor do relacionamento da empresa com vários setores. Um deles é que antes havia restrições para que os funcionários se manifestassem. A outra é que agora o cenário parece ameaçar a empresa e consequentemente o vínculo dos próprios servidores.

REAÇÃO Uma notícia sobre documento do Ministério Público gerou reação das empresas que operam o sistema de água em várias cidades catarinenses. Nota Oficial divulgada ontem reclamou da notícia, alegando é incompleto o material que revela traços de agrotóxicos na água de 22 cidades do Estado.

A NOTÍCIA Está na página oficial do Ministério Público de Santa Catarina notícia de que levantamento da presença de agrotóxicos na água de abastecimento público de 100 municípios de Santa Catarina identificou que 22 recebem água com resquícios de agrotóxicos. Ao todo foram analisados 204 princípios ativos de agrotóxicos. As operadoras do sistema de água pesquisam somente 27 substâncias, conforme o parâmetro indicado pelo Ministério da Saúde.

FRASE DO DIA
“Peço a todos os prefeitos para que olhem com atenção à nova gestão técnica da Casan. Olhem com o olhar de parceria. Mantenha os seus vínculos conosco, porque tenho certeza que a empresa crescerá muito, com uma gestão adequada e técnica. Com isso poderá atender muito melhor todos os municípios de Santa Catarina”.
Carlos Moisés da Silva, governador de Santa Catarina, dirigindo-se aos prefeitos presidentes de associações regionais, num evidente recado à Criciúma. O prefeito Clésio Salvaro estava na reunião.

CLÉSIO E O PSDB ESTADUAL

 personJoão Paulo Messer
access_time22/03/2019 - 00:22

O prefeito Clésio Salvaro de Criciúma já teve voz mais forte internamente no PSDB estadual. Estes tempos podem estar de volta, depois que o partido enveredou para um caminho equivocado nas últimas eleições. Ele já teria sido convidado, inclusive, para assumir a presidência do partido. As informações que saíram do gabinete do deputado estadual reeleito Vicente Caropreso, entretanto, revelam que o prefeito de Criciúma está priorizando sua reeleição, mas que está com o deputado puxando um movimento interno. Caropreso e Clésio devem se encontrar com o presidente nacional da sigla, governador João Dória Júnior, no dia 2 de abril em São Paulo. Apresentam proposta de antecipação das convenções. Os dois estariam trabalhando os nomes de Giovânia de Sá ou Beto Martins para assumir a presidência estadual da sigla.

DE SAÍDA
Não existem discursos que reforcem a suspeita, mas o fato é que o ingresso do ex-senador Paulo Bauer como homem estratégico do governo Jair Bolsonaro, virou uma aposta de que ele esteja saindo do PSDB. Afinado com Caropreso e Clésio, Bauer teria sido um dos derrotados na última convenção que o tirou da condição de candidato a governador em favor de Napoleão Bernardes candidato a vice do MDB. Napoleão já saiu do PSDB.

LETRINHAS
Mesmo os líderes políticos com acesso aos movimentos de Brasília estariam com dúvidas sobre o jogo das siglas após os próximos movimentos. O certo é que muita gente identificada há décadas com seus atuais partidos devem migrar. Um novo grupo de siglas de centro direita se aglomera à porta do Palácio do Planalto.

CRICIÚMA
O PSDB de Criciúma fará sua convenção municipal no próximo dia 30. Deve ser eleito presidente o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. Na última vez que ele pretendia assumir o partido recuou curiosamente para dar espaço ao vereador Dailto Feuser. Deu no que deu.

NO OESTE
Principal nome da política partidária de Santa Catarina, hoje, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia (PSD), fará palestra hoje à noite em Chapecó. O evento está sendo articulado pelo ex-deputado federal João Rodrigues (PSD), que subscreve o convite sem a expressão “ex”. A leitura é que o nome de Garcia está sendo estadualizado.

DA LÓGICA
Partidos coligados com o PSD, como o PSDB em Nova Veneza e o PP em Cocal do Sul estão de barbas de molho. Nestas e outras cidades o PSD tem o atual vice-prefeito, mas conversas para ocupar a cadeira de prefeito nas próximas eleições. E a vontade deve ser fortalecida a medida que para disputar o governo do Estado em 2022 o partido precisa ter o maior número possível de prefeituras.

SEGUE O BARULHO
Em Turvo, onde o ex-prefeito Ronaldo Carlessi anunciou desfiliação do MDB, nesta semana, se fala pouco além deste assunto. A gestão atual do prefeito Tiago Zilli – que foi vice de Carlessi – é muito elogiada. A curiosidade agora é sobre o futuro das relações partidárias de lideranças oriundas do mesmo grupo político de Carlessi e Zilli.

SÃO DONATO
O Conselho Deliberativo, assim como havia sido recomendado por auditoria externa, aprovou as contas do exercício 2018 no Hospital São Donato de Içara. Reunião foi ontem. Instituição saiu de um déficit de R$ 1,3 milhão em 2017 para superávit de R$ 51 mil no ano passado. A gestão é típica da mão de todos os segmentos da cidade.

PERSONALIDADE DA EDUCAÇÃO
O novo Secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni voltou ontem à sua terra, o distrito do Rio Maina em Criciúma. Na Escola Padre Miguel Giacca, onde ele fez os primeiros anos da sua formação escolar, recebeu cópia do histórico escolar das mãos da diretora Marilda Marcos Lopes e a gerente regional de Educação, Ronisi da Silva Guimarães. Na agenda o principal compromisso foi uma palestra na SATC.

UNIMED O ambiente começa a ficar mais tenso nos bastidores da eleição da Unimed, que ocorre semana que vem. Depois de 20 anos sem eleição a instituição cooperativa dos médicos vive sob os riscos e estratégias dos novos tempos, seja pela disponibilidade de mecanismos como redes sociais ou pelo contexto do poder de outros setores da cidade, respectivamente.

É ELEIÇÃO Flagrante os movimentos que a eleição da Unimed está provocando em outros setores organizados da cidade. O tema passa por debates inclusive na cúpula de partidos políticos e de instituições de ensino, especialmente quando existem mais agentes convergentes na expectativa do resultado que a eleição provoca.

É TERÇA A eleição do Conselho de Administração da Unimed tem duas chapas na disputa e pouco mais de 400 votantes. O processo desenvolve-se na próxima terça-feira.

DISSEO futuro presidente da Fundação Cultural de Criciúma, Júlio Lopes, assume oficialmente na próxima terça-feira. Solenidade às 16h no Salão Ouro Negro na prefeitura. Na conversa preliminar com o prefeito Clésio Salvaro, Júlio ouviu que há escasses de recursos e que a criatividade precisa preponderar.

OUVIU O prefeito de Criciúma ouviu do novo presidente da Fundação Cultural, que quem está assumindo é “o Júlio Lopes” e não o articulador e formador do novo partido UDN ou pai do deputado Jessé Lopes.

O NOME Sérgio Luiz Maccari Júnior, que já foi presidente do PP de Urussanga será de novo presidente da CCO da Festa do Vinho. Seu nome foi confirmado ontem pelo prefeito Gustavo Cancellier (PP). Existem expectativas sobre a possibilidade dele assumir a Fundação Municipal de Meio Ambiente.

VIRALIZOU Como já havia ocorrido antes, após a prisão do Michel Temer o vídeo da ligação telefônica do ex-deputado Ronaldo Benedet ao ex-presidente, logo após a reeleição dele e de Dilma Roussef estava com força nas redes sociais.

PREPONDERA O BOM SENSO

 personJoão Paulo Messer
access_time21/03/2019 - 00:22

Na audiência pública para discutir a mudança do endereço da unidade do Corpo de Bombeiros em Criciúma, terça-feira à noite, prevaleceu o bom senso. Não que tenha sido tão prestigiado o debate, mas os que foram estavam bem calçados de argumentos. A transferência para o terreno em frente a estação rodoviária parece ser desejo exclusivo da corporação. O recado foi entendido logo de início. A discussão serviu ainda para revelar o quão valioso será aquela área quando superadas as discussões ambientais, o que pode acontecer quando for concluído o projeto de manejo da área. A inflexibilidade da legislação ambiental naquela área, se comparada a outras é hoje uma agressão ao paisagismo da cidade.

FESTA DE TURVO
Turvo, que ontem comemorou 70 anos, segue com ampla programação. O registro é do ambiente político agitado por conta de alguns movimentos como a eleição da Cersul. O que revela a cidade, entretanto, é que apesar de tudo isso a gestão do prefeito Tiago Zilli, que foi vice-prefeito de Ronaldo Carlessi que saiu do MDB, mantém-se extremamente elogiada.

DE ANIVERSÁRIO
A Câmara de Vereadores de Criciúma realizou ontem sessão solene para marcar o 75º aniversário de instalação da Comarca de Criciúma. Foi no salão do júri do Fórum com representatividade muito significativa. Havia representantes de praticamente todos os segmentos da cidade. Seguramente esta foi a sessão mais representativa que o Legislativo realizou nos últimos anos.

A ESTRUTURA
O Fórum de Criciúma tem hoje 12 juízes titulares e duas juízas substitutas, que atendem: duas Varas Criminais; quatro Varas Cíveis; uma Vara do Juizado Especial Cível; a Vara da Fazenda, duas Varas da Fazenda Pública, uma Vara da Infância e a Vara da Juventude, que também cuida dos inventários; a Vara da Família; Vara de Execuções Penais e a Unidade de Cooperação Judicial, que funciona no campus da Unesc.

NÚMEROS DO FÓRUM
Atualmente o Fórum de Criciúma tem mais de 86 mil processos, num ambiente por onde passam em média 300 pessoas envolvidas nos casos além dos outros 300 que atuam no prédio, entre eles 159 servidores e os demais terceirizados. Todos os anos passam pelo Fórum cerca de 80 mil pessoas.

MENINA DOS OLHOS
A juíza Eliza Maria Strapazzon, diretora do Fórum de Criciúma fala com satisfação dos Centros de Mediação e Conciliação, que a comarca tem três: um na Unesc, um na Esucri e outro na sede do Fórum. A proposta deste ambiente é levar o réu e o autor a um entendimento.

NOVA LEI
Durante a cerimônia de homenagem à Comarca de Criciúma, ontem, o prefeito Clésio Salvaro sancionou a lei que cria a Semana Municipal de Ações voltadas à Lei Maria da Penha. No período serão trabalhadas ações preventivas. O alvo são alunos de escolas públicas e privadas das séries finais do ensino fundamental e do ensino médio.

COM O GOVERNADOR
Os prefeitos dos 15 municípios do extremo sul do Estado tiveram audiência ontem com o governador Carlos Moisés da Silva. O encontro foi mediado pelo deputado estadual José Milton Scheffer e permitiu a entrega de um documento com as principais reivindicações da chamada região da AMESC.

APA DE MORRO ALBINO
O suplente de vereador Diego Goulart (DEM), que retornou à Câmara de Vereadores de Criciúma nesta semana, por uma costura política feita pelo prefeito Clésio Salvaro (PSDB), ficou conhecido na sua passagem anterior de 60 dias, como o vereador que pretendia “mexer na Área de Proteção Ambiental do Morro Albino”. No seu retorno o assunto está muito modificado e as tentativas anteriores descartadas. O que vale agora é esperar por um Estudo de Manejo do Solo, que está sendo feito pela Unesc. Ele vai reavaliar a área. O que poucos conhecem é uma ação de inconstitucionalidade que tramita no Supremo Tribunal Federal, que se julgada pode anular quase tudo. Isso porque haveria conflito de competências da lei criando a APA com a legislação federal. Goulart voltou à Câmara, mas prefere não levar o assunto adiante. Este é um assunto para ser tratado em gabinete, segundo ele. Não há espaço para criar debate sobre o tema agora.

CAFEZINHO Na proposta apresentada pelo Governo do Estado aos prefeitos para instalar nas principais cidades das 21 regionais núcleos para gerir os contratos entre governo e prefeituras um fato chama a atenção. O governador oferece os servidores, a mesa e o computador. O restante da estrutura e até o cafezinho deve ser oferecido pelas associações de municípios sem nada extra para isso.

DOBRADINHA Depois de palestrar em Joinville para empresários, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Júlio Garcia falará para um grande grupo em Chapecó, amanhã. O evento no Oeste está sendo organizado pelo ex-deputado João Rodrigues (PSD), cuja relação com Garcia é muito estreita.

ESTADUALIZANDO A estratégia de estadualizar o nome do deputado Júlio Garcia deve ser agiliza e João Rodrigues deve ser um dos capitães desta marcha. Se o PSD alcançar em 2020 o número de prefeituras que imaginam os líderes ligados ao grupo de Rodrigues e Garcia a eleição de 2022 é alvo na mira.

ARRANCADÃO A família do piloto Plínio Júnior, que sofreu grave acidente na Arrancada de Caminhões em Balneário Arroio do Silva, recorreu às redes sociais para fazer campanha de arrecadação de dinheiro para custear o tratamento. O piloto segue internado em estado grave.

FRASE DO DIA
“Antigamente as pessoas conversavam mais, se discutia mais e se conseguia melhores resultados. Hoje as pessoas estão cada vez mais intransigentes e recorrem logo ao Judiciário. Se ajuíza mais do que antes”.
Eliza Maria Strapazzon, juíza diretora do Fórum da Comarca de Criciúma, comentando as atividades do cotidiano na atividade judiciária.

CENTRO DE INOVAÇÃO

 personJoão Paulo Messer
access_time20/03/2019 - 00:22

Nesta semana aconteceu reunião para afinar discurso que pode finalmente “desatolar” um gigante que está no centro da cidade de Criciúma. Trata-se do prédio que no primeiro governo de Clésio Salvaro foi destinado para ser o Complexo Educacional Nereu Guidi, mas vendido pelo sucessor Márcio Búrigo. A Unesc absorveu o prédio num grande encontro de contas, embora oficialmente não seja tratado assim. Inacabada, a construção se transformou num problema à instituição. A proposta agora é para que naquele local seja instalado o Centro de Inovação Tecnológica, projeto inicialmente previsto para uma área no bairro Sangão, também em parceria com a universidade. As adequações burocráticas começam a ser feitas imediatamente. O Centro de Inovação é um programa do Governo do Estado.

TRANSFORMAÇÃO
A consolidar-se o projeto de instalação de Centro de Inovação Tecnológica no prédio entre as ruas Araranguá e Henrique Lage e a agilização para transformação do terreno baldio na esquina da avenida Centenário com a rua Giácomo Sônego, a área ganha em transformação. A rigor, desde a ampliação de um supermercado e da instalação do Senac no antigo prédio do Colégio Energia, a região mudou bastante.

O TERRENO
Esta coluna foi fechada antes do término da audiência pública para debater a transferência da sede do Corpo de Bombeiros. Mesmo assim é possível se afirmar que o terreno localizado na frente da prefeitura, pertencente à família De Lucca, vai sofrer profunda alteração. O que hoje é uma área coberta por vegetação e explorada pela publicidade visual, vai ganhar edificação. Se não for a sede dos Bombeiros, será um prédio com outro fim.

IMPACTO AMBIENTAL
Até então o terreno de quase quatro mil metros quadrados localizado em ponto estratégico não tinha amparo legal para receber qualquer edificação em virtude do encontro de dois rios no local. A intenção do Corpo de Bombeiros pode ter acelerado um estudo de impacto ambiental da área. Isso, inclusive, transforma o valor da área, que sem autorização para edificação é muito diferente do que passa a valer com a regularização para edificação.

TEM VAZÃO
A reunião em que a Casan contra-argumentou desarmando a intenção inicial dos municípios em romper o contrato de gestão da água e esgoto não protelou tanto assim a decisão dos municípios. A retomada das negociações pode não ser tão demorada como ficou parecendo. O prefeito Clésio Salvaro mandou instalar um grupo que segue estudando os aspectos legais para romper o contrato. Isso não tem data para ocorrer, mas tende a não demorar.

HOMENAGEM
Hoje a Câmara de Vereadores fará sessão solene de homenagem pela passagem dos 75 anos de instalação da Comarca de Criciúma. A solenidade será às 17h na sala de júri do Fórum. A data comemorativa da instalação é hoje.

NOVA REUNIÃO
Os presidentes das 21 associações de municípios com seus respectivos secretários executivos participaram ontem de uma reunião com a equipe do Governo do Estado, na capital. Discutiram, sem chegar a entendimento, como deve ser feita a substituição burocráticas das Secretarias Regionais. Consideradas “cabide para emprego de afiliados políticos” as SDRs (mais tarde ADRs) deixaram saudades aos prefeitos.

CORREÇÃO
Ontem saiu uma foto errada aqui na coluna. A foto era para ser da mesa vaga com a placa indicativa do vereador Állison Pires e não de Ângela Melo, como saiu. Peço desculpas pelo erro.

VENEZA É CASO TÍPICO
Depois de trocar o titular de uma das duas secretarias que ocupa no Governo Municipal de Nova Veneza, o PSD reafirma que o acordo firmado com o PSDB antes da eleição de 2018 vem sendo honrado em todos os sentidos. O vice-prefeito Zé Spillere, que era vice de Evandro Gava (PP) e trocou para ser vice de Rogério Frigo (PSDB) e com isso reeleger-se no cargo, lembra que o entendimento era de que nas próximas eleições municipais – ano que vem – o PSDB indicaria o vice do PSD. Para quem vive o ambiente local fica claro que esta pode não ser a melhor estratégia, mas o acordo há. Todos estes acordos ganham força na região desde que o deputado Júlio Garcia foi eleito presidente da Assembleia Legislativa. O PSD se vê e é tratado como partido estratégico nas próximas eleições.

EM CRICIÚMA Os prognósticos feitos para a eleição de Criciúma indicam que só há um partido capaz de superar o prefeito Clésio Salvaro em uma campanha de reeleição no ano que vem, o PSD do seu atual vice-prefeito Ricardo Fabris.

O GESTO Ontem assumiu cadeira na Câmara de Vereadores de Criciúma o suplente Diego Goulart (DEM). Para isso o prefeito Clésio Salvaro manteve em cargo de confiança na prefeitura o suplente do PSDB, Édson Aurélio. O gesto é um aceno de Salvaro para o DEM.

DEINFRA Confirmando especulações que havia, Lourival Pizzolo (PSD) foi exonerado ontem do cargo de diretor regional do Deinfra, após quase 16 anos no cargo. Ele será substituído pelo engenheiro Gustavo Taufembach.

NA CASAN O engenheiro civil Jaison Araújo Specké o novo Chefe da Agência da Casan de Criciúma. É do time técnico da empresa “Nossa missão no momento e realizar uma gestão técnica e eficiente”, disse ontem.

CARLESSI FORA A decisão do ex-prefeito de Turvo, Ronaldo Carlessi em deixar o MDB, confirmada ontem, é muito mais um desabafo do que qualquer plano estratégico. Pessoas que o conhecem não acreditam que ele volte à política.

EX-PREFEITO Ronaldo Carlessi, que foi prefeito de Turvo por oito anos, fez uma das melhores gestões municipais de que se tem notícia. Até então sua participação no MDB foi estratégica, mesmo assim sofreu algumas derrotas no partido. Na última eleição revelou sua insatisfação ao apoiar o deputado Rodrigo Minotto (PDT).

DEVOLUÇÃO Em Morro da Fumaça o prefeito Noi Coral recebeu ontem à noite documento confirmando a primeira devolução de recursos da Câmara de Vereadores, no valor de R$ 150 mil. O presidente Tiago Minatto (MDB) fez a entrega com a informação de que o dinheiro será aplicado na Saúde e nas Praças.

FRASE DO DIA
“Isso faz parte do nosso acordo de antes das eleições. Inclusive por aquele acordo nas próximas eleições a cabeça de chapa seria do PSD.”
Zé Spillere, vice-prefeito de Nova Veneza comentando o fato do PSD ter estratégicas duas secretarias e cinco cargos na Câmara de Vereadores.

“HOJE” PODE SER FERIADO

 personJoão Paulo Messer
access_time19/03/2019 - 00:22

Se depender das conversações retomadas na semana passada pelos líderes empresariais de Criciúma, semana passada, com o bispo Dom Jacinto Inácio Flach, a data de hoje uma das opções para ser feriado municipal em Criciúma. Isso aconteceria se a Igreja Católica concordar com a substituição do feriado de Santa Bárbara, celebrado no dia 4 de dezembro. Hoje, 19 de março é de São José, dia do padroeiro da Diocese de Criciúma. A permuta aconteceria para evitar mais um feriado em tempos de comércio intenso – fim de ano. Ao receber dos líderes empresariais a proposta de retirada do feriado da padroeira dos mineiros o bispo não fez qualquer menção de aceitação, mas também não descartou a possibilidade.

MOVIMENTO MUNICIPALISTA
Hoje vai acontecer um encontro dos prefeitos presidentes de 21 associações regionais de municípios e seus secretários executivos com o governador Carlos Moises da Silva. Vão debater alternativas para que as associações assumam o papel que antes era das Secretarias Regionais, inclusive a administração de convênios. O encontro será na capital.

POUCO PROVÁVEL
Hoje acontece audiência pública para discutir a instalação da unidade do Corpo de Bombeiros em um terreno da família De Lucca localizado na avenida Centenário defronte a Estação Rodoviária. A proposta é avaliada como pouco provável por vários segmentos que prometem se manifestar no encontro de hoje.

MORRO DA FUMAÇA
O MDB de Morro da Fumaça rechaça a ideia de que tenha participado da Chapa Dois nas eleições do Conselho Fiscal da Cermoful no último fim de semana. O presidente Marcelo de Costa garante que teve gente no partido participando nas duas chapas, mas que oficialmente a sigla não discutiu participação enquanto partido.

MESA VAGA
A cadeira do suplente de vereador Álison Pires (PSDB) ficou vaga na sessão da Câmara Municipal de Criciúma, ontem, O suplente Édson Aurélio (PSDB) – de 1.264 votos – será chamado hoje, mas já anunciou que vai pedir licença de 30 dias. Automaticamente será chamado o atual quarto suplente da coligação Diego Nazário Goulart (DEM) – que fez 873 votos. Assume hoje.

SOMA SIGLA
O prefeito Clésio Salvaro segue fazendo amarras para as eleições do ano que vem. Considerando que o PSD é vaga de vice-prefeito ele já tem siglas como o PR que ocupa espaço no governo com a presidência da FME, o PRB do líder de governo, o PSC do até então líder, o DEM que agora ganha vaga na Câmara, entre outros partidos. A recém criada UDN é o partido do novo presidente da Fundação Cultural, embora ambos juram que a eleição do ano que vem não entrou na pauta do acordo.

NA ZONA SUL
Um grande movimento articulado pelo governo com a participação das comunidades beneficiadas deve viabilizar o asfaltamento da estrada que liga a estrada das lagoas à Zona Sul do Balneário Rincão. A estrada entre as lagoas do Faxinal e Esteves tem pouco mais de dois quilômetros. A obra vai custar R$ 2,7 milhões.

TEM REUNIÃO
Uma reunião amanhã à noite no salão da comunidade da Lagoa dos Esteves, às 19h30min, vai reunir as comunidades das lagoas dos Esteves, do Faxinal, Loteamento Jorge Feliciano e Vila Suiça para discutir alternativas que viabilizem um novo acesso à Zona Sul do Balneário Rincão. Na região está sendo construído um novo condomínio horizontal.

TUCANO DE BICO SECO
O vereador Eloir Minatto Biro Biro, assumiu ontem como Secretário Municipal de Agricultura de Nova Veneza. Este é apenas mais um cargo estratégico que o PSD ganha no governo municipal. Se o partido já era forte por ter o vice-prefeito Zé Spillere e o “quinto voto” na Câmara, cresce de importância desde que Júlio Garcia (PSD) assumiu a presidência da Assembleia Legislativa e uma espécie de protagonismo político no Estado. Se antes já era grande a vontade de Frigo coligar de novo com o PSD no ano que vem, esta vontade ficou ainda maior. Tantas concessões que o PSDB precisa fazer ao PSD, entretanto, não agrada a todos os companheiros de partido do prefeito, que precisa administrar a todo momento um ensaio de crise.

O ZÉ E O BIRO Na Câmara de Vereadores Biro Biro já foi presidente nos últimos quatro dos seus seis anos de vereador. Foi presidente nos últimos dois anos do governo de Evandro Gava (PP), quando Zé Spillere era vice e os dois primeiros de Rogério Frigo (PSDB), quando Zé Spillere trocou de parceiro e reelegeu-se vice.

PONTA DA MESA Como Biro Biro não pôde se reeleger presidente – o regimento não permite dois mandatos na mesma legislatura – ele não vai esquentar banco no plenário. Ontem assumiu a Secretaria de Agricultura do município. O então secretário assumirá a direção da Câmara.

OS CARGOS Dos cinco cargos de indicação na Câmara de Vereadores falta o presidente César Pazetto (PSDB) confirmar apenas um: assessor de imprensa. O diretor jurídico Clóvis Steiner e o diretor técnico Dabiel Spillere já estavam nomeados. Hoje ele nomeará Guilherme Spillere (assessor parlamentar) e Ricardo Ugioni (diretor geral).

LIDERANÇA Mesmo que não tenha tido qualquer intenção, foi o vereador Aldinei Potelecki (PRB) quem pode ter levado o “enquadramento” dos vereadores do PSDB, alvo de polêmica da semana passada. É que no seu papel de líder do governo ele pediu ao prefeito o lógico: apoio irrestrito dos votos dos aliados do governo.

BOLA NAS COSTAS Até o final do ano passado a liderança do governo na Câmara de Vereadores era do vereador pastor Jair Alexandre (PSC). Sem que isso seja dito, se sabe que ele foi substituído por Potelecki porque o governo queria defesa mais forte. No primeiro episódio o governo forçou e ao invés do diálogo, pode ter empurrado a culpa do episódio ao novo líder.

ÚLTIMO ATO Será no dia 4 de abril, às 19h30min, a inauguração das ampliações do Hospital da Unimed. Este vai ser o último ato do médico Valter Ney Junqueira como presidente da Unimed Criciúma, que dirigiu a instituição por duas décadas.

FRASE DO DIA
“Por ora não pretendo sair do partido. Isso não passa pela minha cabeça. Não considero que eu tenha desrespeitado o partido, pois não houve fechamento de questão. O que houve foi uma defesa do líder do governo para que votássemos pela manutenção do veto.”
Állison Pires, vereador do PSDB, que foi levado a pedir licença de quatro meses por votar contra o governo, negando que pense em sair do partido.

SUBSTITUINDO AS REGIONAIS

 personJoão Paulo Messer
access_time18/03/2019 - 00:22

A extinção das SDRs pelo novo Governo do Estado pode dar às associações de municípios o papel de “regionais”. Esta é a estratégia pensada pela maioria dos prefeitos. Amanhã, 13h30min, na capital, acontece encontro dos presidentes de associações como AMREC e AMESC e os seus secretários-executivos. Vão discutir a possibilidade destas entidades assumir o papel burocrático nos convênios do Estado. As associações vão reivindicar inclusive a absorção de alguns servidores do Estado. São aqueles funcionários do Estado cedidos às agora extintas SDRs. Há um grande quebra cabeça burocrático a ser montado para isso funcionar.

PRIORIDADES
Hoje, às 13h30min, acontece na sede da AMREC reunião dos representantes dos 12 municípios da Amrec com entidades como ACIC, CDL, UNESC, entre outras com os deputados do Sul para discutir estratégia de mobilização pelas pautas regionais. A lista de prioridades todos conhecem, resta definir como ser atendido.

COMO ERA BOM
Fato curioso é que especialmente os prefeitos, inclusive os de oposição ao MDB, andam reclamando que a extinção das SDRs distanciou os órgãos do Estado das prefeituras. Isso se agrava porque os órgãos regionais estão praticamente sem autonomia. A verdade é que na teoria as “regionais” eram eficientes, mas na prática nem todas funcionavam. Só empregavam.

NO PÁREO
A colega Karina Manarin aqui do DN antecipou a possibilidade do advogado Jeferson Monteiro em lançar-se candidato a prefeito em Criciúma. Ele está filiado ao MDB há pelo menos quatro anos e inicialmente a pretensão era a disputa à Câmara de Vereadores. Existe um grupo ligado à direção municipal do partido que pretende lança-lo candidato a prefeito. O vice-presidente Ricardo Beloli é um deles.

DAS ESPECULAÇÕES
No Balneário Rincão a tida imbatível condição do atual prefeito Jairo Celoy Custódio pode começar a ter sombra. Existe um grupo de aliados que, por não ter sido atendido nos compromissos paroquianos, busca uma articulação de oposição. O nome a ser procurado deve ser o do empresário Fernando Sellinger, filiado ao PSD, cuja participação na política se restringe à campanha pelo candidato a deputado estadual Ulisses Gabriel.

OPS, ESCAPOU!
Numa entrevista ao SBT Meio Dia, semana passada, o Secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, disse que “empresas contratam grandes escritórios de advocacia para sonegar”. A frase pegou mal e a OAB cobrou explicações do secretário, que recuou. Disse, em nota, que disse aquilo em “um momento acalorado”.

NUNCA EXPLICA
Parece evidente que “as penas jogadas ao ventilador”, por Paulo Eli, quando falou na Assembleia Legislativa sobre a aparente “fábrica de sonegação” que se instalou no Estado vai continuar rendendo. Pior, nos bastidores muitos acham que ele não exagerou, mas como não pode provar, precisa recuar.

GUIDI FICA
O deputado estadual Ricardo Guidi está comemorando uma nova vitória nos tribunais. Assim ele vem superando uma a uma das ações interpostas ao seu mandato. A decisão mais recente ocorreu semana passada, quando o TSE alterou entendimento do TRE e garantiu sua permanência na cadeira. O PT moveu ação em que pedia a contagem de votos de uma candidata do PT que teve votos anulados.

ARRANCADÃO
O prefeito de Balneário Arroio do Sulva, Mineirinho, ganhou a solidariedade de vários prefeitos da região após o acidente do último sábado, durante o Arrancadão de Caminhões. Os conselhos são no sentido de que ele atue para que o evento não sofra maiores prejuízos da sua imagem.

DISPUTAS APERTADAS NA FUMAÇA
De novo uma eleição da Cermoful em Morro da Fumaça é disputada com enorme paridade. A Chapa Três ganhou a eleição para o Conselho Fiscal com 757 votos, apenas 30 votos que os 727 votos da Chapa Dois. A eleição ocorreu no sábado e 1.501 eleitores associados compareceram para votar nos 10 locais. A diferença mínima já havia sido registrada quando houve a eleição do Conselho Administrativo em 2017. Naquela ocasião a diferença foi de apenas 22 votos e de lá para cá a Situação não ganhou mais nenhuma eleição ao Conselho Fiscal, que é anual.

LEITURA A vitória da Chapa Três na eleição da Cermoful tem várias interpretações. Vai desde a leitura de que foi o atual prefeito Noi Coral quem começou esta fase de mudanças no município à derrota de estratégicos do MDB agora ou ainda na leitura de que o atual presidente jogou certo ao inscrever, mas retirar a chapa Um.

ESTRANHO Segue causando inquietação nos bastidores, com eco no interior do Estado, a decisão do Tribunal de Contas do Estado que absolveu o então prefeito de Florianópolis – hoje senador – Dário Berger, de responsabilidade no pagamento de R$ 2,5 milhões para um show, de Andrea Bocelli, que nunca aconteceu.

AVANTE Sábado aconteceu mais um encontro de um dos mais atuantes grupos de whatsapp, o “Avante Criciúma”. Nele não estão apenas críticos radicais e moderados, mas também alvos preferenciais dos debates. Do almoço participaram vários vereadores, inclusive o prefeito Clésio Salvaro.

NO CAMPUS Movimento de oposição no DCE parece ter começado junto com o ano letivo. Existem questionamentos sobre a prestação de contas e até sobre gastos pontuais da presidência. O presidente Alexandre Bristot Pato pretende ocupar espaço na mídia para esclarecer e como ele diz, “desmentir” alguns boatos.

NA FOTO A intenção de Criciúma e os municípios abastecidos pela Barragem do Rio São Bento em municipalizar o serviço de água e esgoto “fez água”. Pelo menos por enquanto nada vai acontecer. Enquanto o assunto vinha sendo discutido pelos prefeitos uma cena chamou a atenção. Sempre era convidado o ex-diretor da Casan, Vilmar Bonetti.

MAIS MANDATO Deve começar a ganhar espaço na mídia o debate hoje de bastidores em Brasília, de prorrogação do mandato dos atuais prefeitos e vereadores de quatro para cinco anos, sem reeleição.

PICHAÇÃO Um homen foi detido neste domingo ao pichar a parede frontal do Centro Administrativo do Governo do Estado. Depois de ouvido foi colocado em liberdade. Ele se dizia inconformado com o governo que libera armas e escreveu na parece “Moisés safado”.

FRASE DO DIA
“Jamais falarei e falei mal do governo Moisés. Isso é fake news. Sei que isso saiu por aí, mas isso é mentira. Muito pelo contrário. Eu peço a união da UDN para dar apoio ao governo Estadual e Federal. As pessoas que estavam lá não falaram, nem ouviram eu falar mal do PSL, pois é o partido do meu filho e que eu ajudei a construir na região. Não vou cuspir no prato que eu ajudei fazer”.
Júlio Lopes, reagindo à informação de que ele fez críticas ao governo Moisés, durante reunião de formação da UDN.