Notícias em destaque

Covid-19: Criciúma inicia vacinação de crianças nesta terça-feira

commentJornalismo access_time18/01/2022 13:46

Aplicação das 1070 doses que chegaram no sábado (15) iniciou às 8h.

Etapa de Criciúma do STU National abre calendário dos campeonatos de Skate em 2022

commentEsporte access_time13/01/2022 12:32

Cidade recebe o evento a partir desta quinta (13). Vários skatistas olímpicos, como Rayssa Leal, já estão confirmados

Troféu Maximiliano Gaidzinski retorna ao clube

commentCriciúma EC access_time21/12/2021 07:30

O torcedor poderá ver uma réplica da taça na Sala de Troféus Décio Bianchini Góes

Pré-diabetes: cuidados com a saúde evitam o avanço da doença

Rotina que inclui alimentação saudável e exercícios físicos são essenciais para a prevenção

comment Jornalismo access_time14/01/2022 - 16:07

Reportagem: Redação

A realização de exames frequentes e a visita periódica ao médico são grandes aliados à prevenção das doenças. Por meio deste cuidado é possível detectar doenças que, quando descobertas de forma precoce, podem ser revertidas trazendo mais qualidade de vida e saúde, mesmo após o diagnóstico. Um destes casos é a pré-diabetes.

“A pré-diabetes é um estado de intolerância à glicose leve, que antecede o surgimento do diabetes. Quando surge, a glicemia já está mais alta do que o considerado normal (acima de 100), mas ainda em níveis inferiores a 126. Quando temos duas medidas de glicose acima de 126, fazemos o diagnóstico de diabetes. ”, explica a médica endocrinologista do Hospital São José de Criciúma, dra. Thais Areias de Oliveira (CRM – 23220 | RQE – 19999).

De acordo com a especialista, a causa da pré-diabetes é multifatorial, há fatores genéticos e ambientais envolvidos, como obesidade e dieta rica em carboidratos. “Pode atingir igualmente homens e mulheres e é mais comum o acometimento a partir dos 40 anos. Porém, com a maior prevalência de obesidade, temos visto cada vez mais adultos jovens, adolescentes e até crianças acometidas”, explica dra. Thais.

Sem sintomas na fase inicial

Na fase inicial da doença não há sintomas e é possível que ela dure até cinco anos. “Como não há sintomas, deve-se procurar o especialista em caso de exames de rotina alterados. Ou buscar o especialista em caso de obesidade e sobrepeso, que aumentam muito o risco de desenvolver a doença. O tratamento é individualizado e na maior parte das vezes inclui emagrecimento e/ou mudanças no estilo de vida”, aponta a médica.

Segundo a especialista, a melhor forma de prevenir a pré-diabetes é adotar hábitos saudáveis e manter uma rotina de exercícios físicos. “Sabemos que iniciar uma atividade física, perder 5% do peso corporal e equilibrar a alimentação pode fazer com que a doença entre em remissão. Por isso a importância de manter uma dieta equilibrada, perder peso, promover o tratamento da obesidade e sobrepeso e atividade física”, aponta a médica.

Colaboração: Katia Farias - Assessora de Comunicação do HSJ

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Covid-19: Criciúma inicia vacinação de crianças nesta terça-feira

commentJornalismo access_time18/01/2022 13:46

Aplicação das 1070 doses que chegaram no sábado (15) iniciou às 8h.

Librelato inova com a maior Célula de Solda Robotizada da América Latina

commentJornalismo access_time18/01/2022 13:32

A nova tecnologia permitirá a solda completa de um implemento em apenas 30 minutos, uma redução de 35% no tempo de produção do implemento

Covid-19: Nova Veneza inicia agendamento para vacinação das crianças

commentJornalismo access_time17/01/2022 13:51

Com a chegada de 80 doses, a aplicação será realizada por meio de agendamento

INSS suspende temporariamente perícias médicas

commentJornalismo access_time14/01/2022 09:07

Aumento dos casos de covid-19 no país motivou decisão do instituto.