Notícias em destaque

  Produtos que auxiliam no bronze para verão

commentJornalismo access_time27/10/2020 11:40

A farmacêutica Felice Shnack da Farmácia Manipulatus explicou sobre o assunto

Conselho Técnico define data de início e fórmula de disputa da Copa Santa Catarina

commentEsporte access_time27/10/2020 07:30

O campeão ganha uma vaga para a Copa do Brasil de 2021

Tigre empata em 0 a 0 com o São Bento

commentCriciúma EC access_time26/10/2020 20:00

Com a igualdade, o Criciúma retornou ao G-4

 
Supervisor do Criciúma EC deixava o cargo há oito anos

Após 13 anos dedicados ao Criciúma, Antonio Benatti, o Rakette, se despedia oficialmente do clube em 13 de abril de 2010

comment Jornalismo access_time13/04/2018 - 07:40

Reportagem: Jornalismo / Rádio Eldorado - Foto: Divulgação

Após 13 anos dedicados ao Criciúma, Antonio Benatti, o Rakette, se despedia oficialmente do clube em 13 de abril de 2010. Há oito anos, o então supervisor do Tigre, revelava que já imaginava ser dispensado de sua função, com a reformulação feita a partir da entrada do presidente Antenor Angeloni.

Rakette trabalhou no Criciúma entre os anos de 1997 e 2010. No Tricolor conquistou dois títulos catarinenses de 1998 e 2005, e os Campeonatos Brasileiros da Série B em 2002 e da Série C em 2006. Antes da vinda para o Criciúma, ele já havia sido gerente de futebol no Caxias e na Chapecoense.

Rakette, que faria aniversário dali cinco dias, completando 50 anos de idade, se dizia frustrado por deixar o clube, após ter o reestruturado financeiramente. Entretanto, a maior frustração dele nesses anos de clube, foi o rebaixamento para a Série C no ano de 2008.

Quanto ao futuro, Rakette não sabia ainda para onde iria. Ele disse na oportunidade que teve muitas sondagens, mas que o Criciúma era a menina dos olhos de muitos técnicos e jogadores, tinha uma estrutura de Série A e que estava numa ótima cidade, trabalhando num clube com uma grande e apaixonada torcida.

O apelido Rakette na verdade vinha de seu irmão, Leopoldo Benatti. O então técnico de futebol, Enio Andrade, o apelidou devido ao tamanho do pé. Em Bento Gonçalves, Antonio Benatti, era conhecido por Rakettinho. Nos demais locais, é que o conheciam por Rakette.

Naquele ano de 2010, o irmão de Rakette cumpria mandato de vereador na cidade de Bento Gonçalves.

micÁudio da notícia





content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

  Produtos que auxiliam no bronze para verão

commentJornalismo access_time27/10/2020 11:40

A farmacêutica Felice Shnack da Farmácia Manipulatus explicou sobre o assunto

Cemitérios de Criciúma sem missas no Dia dos Finados

commentJornalismo access_time27/10/2020 10:08

A decisão foi tomada em função da pandemia da Covid-19

  Terça-feira (27) com nebulosidade e calor em Criciúma

commentJornalismo access_time27/10/2020 07:12

Confira a previsão do tempo com Ronaldo Coutinho

  Nutricionista orienta sobre alimentação saudável

commentJornalismo access_time26/10/2020 15:15

Mudanças bruscas não são recomendadas na hora de iniciar uma dieta

  Clínica André Lima: Sábado especial para avaliações no dia 14 de novembro

commentJornalismo access_time26/10/2020 13:00

O assunto foi abordado no Revista Eldorado desta segunda-feira (26)