Notícias em destaque

  Policiais militares de SC pedem reajuste de 40% e não descartam paralisação

commentJornalismo access_time21/02/2020 08:09

Militares podem entrar na chamada "Operação-Padrão" caso não haja acordo

Brusque faz 5 a 1 no Remo/PA e se classifica para a terceira fase da Copa do Brasil

commentEsporte access_time21/02/2020 08:08

Quadricolor se classifica para a terceira fase da Copa do Brasil pela primeira vez na história

Tigre encaminha acerto com zagueiro

commentCriciúma EC access_time20/02/2020 18:15

Jogador vai realizar exames médicos e caso seja aprovado assina o contrato com o clube

Morre Walmor De Lucca

Político faleceu em Florianópolis na manhã desta segunda-feira (9), aos 81 anos de idade

comment Jornalismo access_time09/09/2019 - 09:29

Reportagem: Jornalismo / Rádio Eldorado - Foto: Divulgação

Faleceu na manhã desta segunda-feira (9), em Florianópolis, o político sulcatarinense Walmor Paulo De Lucca, aos 81 anos de idade. Seu corpo será velado em Içara. No portal da Memória Política de Santa Catarina o relato sobre a sua vida é o seguinte:

  • Walmor de Lucca

Nasceu em 22 de março de 1938, em Criciúma/SC. Filho de Jorge Elias de Lucca e de Gília Rizzieri de Lucca. Casou com Ada de Lucca, que está em seu quarto mandato de Deputada Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com quem teve Fabiana e Giovana.

Na terra natal, Walmor concluiu os primeiros estudos e o ensino secundário, transferiu-se para Curitiba/PR, onde se formou em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1962.

Iniciou a vida política em 1966, eleito Vereador em Içara/SC, para o período de 1967 a 1970, pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido do qual foi um dos fundadores no município.

Pelo MDB, elegeu-se Deputado Federal por Santa Catarina, com 41.691 votos, para a 45ª Legislatura (1975-1978). Durante o mandato, exerceu a Vice-Presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a aquisição de hospitais pelo Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), e foi Vice-Presidente da Comissão Permanente de Minas e Energia, e Suplente da Comissão de Saúde.

Nas eleições de 1978, pelo MDB, renovou mandato na Câmara dos Deputados, eleito com 45.013 votos, compondo a 46ª Legislatura (1979-1982). Exerceu a função de 4º Secretário da Mesa Diretora da Casa, entre 1979 e 1981, e de Vice-Líder da bancada do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Em missão parlamentar, visitou o Líbano e a Síria, a convite da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), e viajou para Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde foi delegado observador na II Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU), que abordou o direito do mar.

Reeleito Deputado Federal no pleito realizado em 1982, pelo PMDB, obteve 72.853 votos, tomou posse à 47ª Legislatura (1983-1986). Integrou a CPI sobre o polo petroquímico do Sul (1986) e visitou Angola em missão parlamentar, a convite do Governo do país africano. Manteve-se no posto de Vice-Líder do partido na Câmara e participou da Comissão Permanente de Finanças.

Em 1986, elegeu-se Deputado Federal, com 41.686 votos, para a composição da 48ª Legislatura (1987-1991). Integrou a Assembleia Constituinte de 1988 (Constituição assinada em 5 de outubro de 1989), a Subcomissão do Sistema Financeiro e a Comissão do Sistema Tributário, Orçamento e Finanças. Licenciou-se do mandato, entre 1989 e 1990, e assumiu a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, nomeado pelo Governador Pedro Ivo Campos.

Pelo PMDB, candidatou-se pela quinta vez ao cargo de Deputado Federal nas eleições de 1990, com 20.046 votos, conquistou a posição de Suplente, mas não foi convocado pela Câmara.

De 1991 a 1992, ocupou o cargo de Assessor Parlamentar do Ministério da Saúde.

Presidiu as Telecomunicações de Santa Catarina (TELESC), entre 1993 e 1995.

Foi Presidente da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN), de 2003 a 2011, nomeado pelo Governador Luiz Henrique da Silveira.

Em 2007, assumiu como Diretor Vice-Presidente da Associação das Empresas de Saneamento Básico Estaduais (AESBE).

Conheça as proposições apresentadas pelo Deputado Walmor de Lucca na Câmara dos Deputados, clicando aqui.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

  Kaminski quer Lisiane Tuon (DEM) como vice

commentJornalismo access_time21/02/2020 08:56

Criciúma tem agora cinco pré-candidatos a prefeito

  Policiais militares de SC pedem reajuste de 40% e não descartam paralisação

commentJornalismo access_time21/02/2020 08:09

Militares podem entrar na chamada "Operação-Padrão" caso não haja acordo

Leilão da BR-101 Sul: o primeiro do ano no setor rodoviário

commentJornalismo access_time21/02/2020 08:00

O leilão será realizado hoje, às 10h, na B3, em São Paulo

Feriadão de Carnaval terá alterações nos horários dos ônibus

commentJornalismo access_time21/02/2020 07:46

Na terça-feira (25), os ônibus do transporte coletivo de Criciúma atenderão em horário de domingos e feriados

Içara: após denúncia, Fundai e Polícia Ambiental resgatam 21 pássaros silvestres

commentJornalismo access_time21/02/2020 07:37

Aves resgatadas eram das espécies Tico-tico, Trinca-ferro e Coleirinho