Notícias em destaque

Gaeco deflagra operação "Blackout" e cumpre cinco mandados de busca e apreensão

commentJornalismo access_time02/07/2020 14:30

Investigação atua em supostos crimes contra a Administração Pública, como peculato e atos de improbidade administrativa envolvendo agentes públicos

FCF recebe a Polícia Militar para debater o retorno do futebol

commentEsporte access_time02/07/2020 07:30

Futebol está programado para voltar no dia 8 de julho

Treino no Majestoso

commentCriciúma EC access_time02/07/2020 07:30

Estádio do Tigre também passou por uma sanitização

Criciúma decreta prorrogação de vencimento dos tributos municipais

Pedido de isenção de IPTU também foi prorrogado e prazos de processos tributários continuam suspensos

comment Jornalismo access_time25/03/2020 - 06:59

Reportagem: Jornalismo Eldorado / Divulgação

O prazo de vencimento dos tributos municipais, como Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), alvarás e Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), foi prorrogado pelo Governo de Criciúma. Pelo Decreto nº 407, assinado nesta terça-feira (24) pelo Prefeito Clésio Salvaro, o prazo para pedido de isenção de IPTU, que venceria em 31 de março, foi prorrogado para o dia 30 de junho. “A preocupação maior foi evitar aglomeração de pessoas, principalmente idosos, maioria dos que solicitam a isenção”, destacou o fiscal de Rendas e Tributos da Secretaria da Fazenda de Criciúma, Luiz Fernando Cascaes.

Ainda pelo decreto o vencimento de tributos municipais, que incluem IPTU e licenças, foi prorrogado do dia 31 de março para 30 de abril. Já o ISSdos não optantes do Simples Nacional, que teria vencimento em 15 de abril, fica prorrogado para o dia 15 de maio. “Nesse caso a preocupação foi evitar inadimplências durante esse período difícil que estamos passando”, acrescentou o fiscal.

Débitos anteriormente parcelados, de natureza tributária ou não tributária, cuja parcela tenha vencimento no período entre 18 de março e 30 de abril, também terão o seu vencimento prorrogado para 29 de maio, sem o acréscimo de encargos de mora, juros e multa adicionais. Outra medida que já estava em vigor pela situação de emergência decretada é a suspensão dos prazos de processos tributários, que se mantém assim enquanto durar o decreto.

“’É importante ressaltar que essas medidas foram tomadas observando o cenário de hoje. São 30 dias de prorrogação de prazos. Esperamos que tudo volte ao normal o mais breve possível, mas se o panorama mudar, o decreto deve ser revisto”, concluiu Cascaes.

A medida foi tomada com base na decretação de Emergência em todo o território Municipal e na decretação de calamidade pública em nível Nacional e Estadual. “Diante de tudo que estamos vivendo com a pandemia do novo coronavírus, precisávamos prorrogar esses prazos e manter nossa população segura em suas casas e sem a preocupação imediata do pagamento desses tributos”, destacou o prefeito Clésio Salvaro.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

  Conheça os benefícios da Teacrine

commentJornalismo access_time02/07/2020 15:20

Quadro Saúde e Bem Estar abordou o assunto com a farmacêutica Alexsandra Tonetto

  Criciúma continua registrando focos do mosquito da dengue

commentJornalismo access_time02/07/2020 14:50

No primeiro semestre foram identificados 44 focos no município

Gaeco deflagra operação "Blackout" e cumpre cinco mandados de busca e apreensão

commentJornalismo access_time02/07/2020 14:30

Investigação atua em supostos crimes contra a Administração Pública, como peculato e atos de improbidade administrativa envolvendo agentes públicos

CORAÇÃO CHEIO: campanha terá instituição extra todo mês

commentJornalismo access_time02/07/2020 12:43

A partir de agora, além das quatro já beneficiadas, mais uma entidade diferente receberá recursos mensalmente

  Gaeco desencadeou Operação Blackout

commentJornalismo access_time02/07/2020 11:33

Ação recolheu material na prefeitura de Criciúma