Notícias em destaque

Capotamento é registrado em Passo de Torres

commentJornalismo access_time10/07/2020 10:26

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Dom Joaquim, em Sombrio

Brusque derrota o Joinville e sai com a vantagem

commentEsporte access_time10/07/2020 07:30

Jogos da volta acontecem no domingo (12)

Reapresentação Carvoeira

commentCriciúma EC access_time10/07/2020 07:30

Confronto da volta contra o Marcílio Dias acontece no domingo às 11h

'Dia D': UBSs de Criciúma estarão abertas para vacinação contra sarampo e testes rápidos para sífilis

Ações serão feitas no próximo sábado em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS)

comment Jornalismo access_time17/10/2019 - 14:20

Reportagem: Esporte / Rádio Eldorado - Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Criciúma, por meio do Programa de Imunização da Vigilância Epidemiológica e do Programa de Atenção Municipal às DST/HIV/AIDS (Pamdha), realizará no sábado (19) o ‘Dia D’ de Vacinação contra o Sarampo e o Dia Nacional de Combate a Sífilis. Para atender melhor a população, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e o Pamdha estarão abertos das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia.

Campanha de Vacinação contra o Sarampo

A Campanha é dividida em duas etapas. A primeira tem foco em crianças de seis meses a menores de cinco anos e termina dia 25 de outubro. A segunda vai do dia 18 ao dia 30 de novembro, centrada em adultos de 20 a 29 anos. "Nesta primeira etapa compareceram 1.417 crianças e foram vacinadas 237 crianças. Até o fim esperamos que 4.616 crianças compareçam e tenham suas carteiras verificadas e, caso necessário, a dose será aplicada", diz a coordenadora do Programa de Imunização, Kelli Barp Zanette.

Até o momento, não há registros de casos de sarampo em Criciúma. "Na infância são aplicadas duas doses. Com um ano é aplicada a tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e com um ano e três meses é aplicada a tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Pessoas entre 1 e 29 anos devem ter duas doses e de 30 e 49 anos uma dose. Se tem entre 1 e 29 anos e recebeu apenas uma dose, tem que completar o esquema vacinal com a segunda dose. Acima de 49 anos não é necessário, pois esta pessoa já pode ter contraído a doença ou entrado em contato com pessoas infectadas se tornando imune a doença”, explica Kelli.

Gestantes ou mulheres com suspeita de gravidez não podem receber a vacina, pessoas imunodeprimidas, sistema imunológico fraco, necessitam de avaliação médica para receber. "Os principais sintomas são febre, manchas vermelhas pelo corpo, coriza e olhos avermelhados. A doença é transmitida através de contato direto", comenta Kelli.

Sífilis

O Dia Nacional de Combate a Sífilis, é realizado todo terceiro domingo de outubro. O Dia D será um dia antes, com realização de testes rápidos e orientações nas UBSs e no Pamdha. A infecção é causada pela bactéria treponema pallidum e não possui nenhum sintoma, sendo uma doença silenciosa. "Se o tratamento com antibióticos for feito corretamente a chance de cura é de 100%, por isso é de extrema importância fazer testes rápidos", comenta a coordenadora do Pamdha, Patrícia Rodrigues.

Desde o início desse ano já foram registrados 328 casos, sendo 49 em gestantes. Em mulheres grávidas, a infecção pode ser transmitida para o bebê se transformando em sífilis congênita. "Pode trazer sequelas como aborto, má formação, e até levar o falecimento do bebê e da mãe", conta Rodrigues.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Capotamento é registrado em Passo de Torres

commentJornalismo access_time10/07/2020 10:26

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Dom Joaquim, em Sombrio

  Como identificar sintomas de coronavírus e quando procurar ajuda médica

commentJornalismo access_time10/07/2020 10:11

Entrevista com a diretora técnica do HSN em Praia Grande, foi realizada nesta sexta-feira (10)

  INSS fechado até agosto

commentJornalismo access_time09/07/2020 17:55

Pela quarta vez, Previdência Social adia retorno de atendimentos presenciais

Feijoada da Nossa Casa é adiada

commentJornalismo access_time09/07/2020 17:23

Evento foi transferido para outubro. Intenção é evitar contaminação dos voluntários pelo coronavírus

  Ferramenta facilitará realização de denúncias de descumprimento de decreto

commentJornalismo access_time09/07/2020 15:50

WhatsApp para realizar denúncias será disponibilizado nesta sexta-feira (10)