Notícias em destaque

  Ex-secretário da Casa Civil, Douglas Borba, é preso em ação sobre respiradores

commentJornalismo access_time06/06/2020 11:41

Operação Oxigênio também contou com a prisão do advogado Leandro Barros

  Vote #14

commentEsporte access_time05/06/2020 09:50

Piloto criciumense André Gaidzinski está participando de competição online pela Porsche Cup

  Treinamento por videoconferência, forma física e volta aos treinos presenciais

commentCriciúma EC access_time05/06/2020 13:45

Um bate papo com o preparado físico do Criciúma, William Hauptman

Público no Futebol brasileiro: confira a média dos catarinenses em 2019

Avaí lidera catarinenses na 22ª colocação geral; Criciúma está na 41ª posição

comment Esporte access_time29/10/2019 - 14:00

Reportagem: Esporte/ Rádio Eldorado - Foto: Carlos Rauen/ NSC TV

Em parceria com o Futdados, o Globoesporte.com mantém um ranking com atualizações em tempo real da média de clubes entre equipes brasileiras das três principais divisões do país em competições ao longo do ano de 2019. Segundo a pesquisa, o Criciúma é o quarto catarinense na média de público em 2019, atrás do Figueirense, Chapecoense e Avaí (3ª. 2ª e 1ª colocados entre os catarinenses, respectivamente).O Criciúma ocupa a 41ª posição geral com média de 3.462 pagantes em 27 jogos, ocupando em média 18% do estádio com renda bruta de R$1,8 milhão.

O Avaí é o clube catarinense de melhor colocação em termos de média de público em 2019, ocupando a 22ª colocação geral, mantendo uma média de 8.041 pagantes em 26 jogos, com a ocupação média de 40% do estádio e renda bruta de R$ 8,3 milhões.

A Chapecoense, segunda colocada entre os catarinenses, 28ª na colocação geral, tem uma média de 5.427 pagantes em 27 jogos com uma ocupação média de 27% e renda bruta de R$4,5 milhões. O figueirense é o terceiro colocado entre os catarinenses, ocupando a 39ª colocação geral com a média de 3977 pagantes, 20% da ocupação e R$1,9 milhão em renda bruta.

Ranking dos catarinenses
1ª (22 ª geral) – Avaí - 8.041 pagantes - 26 jogos – 40% ocupação – renda bruta: R$ 8.345.445 – ticket médio: R$39

2 ª (28ª geral) – Chapecoense - 5.427 pagantes - 27 jogos – 27% ocupação – renda bruta: R$ 4.549.637 – ticket médio: R$31

3ª (39 ª geral) – Figueirense - 3.977 pagantes - 23 jogos – 20% de ocupação – renda bruta: R$ 1.908.116 – ticket médio: R$20

4 ª (41 ª geral) – Criciúma - 3.462 pagantes - 27 jogos – 18% de ocupação - R$ 1.896.755 – ticket médio: R$20

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Esporte

  Vote #14

commentEsporte access_time05/06/2020 09:50

Piloto criciumense André Gaidzinski está participando de competição online pela Porsche Cup

Conmebol analisa os protocolos de saúde com os departamentos médicos das Associações Membro

commentEsporte access_time05/06/2020 07:30

A reunião também discutiu as medidas a serem implementadas para evitar possíveis lesões aos jogadores após esses meses de interrupção do campeonato

Aprovadas novas leis do futsal

commentEsporte access_time04/06/2020 07:30

Vários dos ajustes refletem mudanças recentes nas leis do futebol

Novas Regras de Jogo IFAB entram em vigor

commentEsporte access_time03/06/2020 07:30

Numero de substituição, toque na bola e impedimento estão entre as novas regras

Competições esportivas seguem suspensas em Santa Catarina até 5 de julho

commentEsporte access_time02/06/2020 07:30

Os treinos profissionais estão liberados pelo Governo do Estado desde o dia 11 de maio