Notícias em destaque

Governador recebe comitiva de Criciúma

commentJornalismo access_time02/06/2020 16:32

Entre as medidas liberação de R$ 8,4 milhões para pavimentação

Competições esportivas seguem suspensas em Santa Catarina até 5 de julho

commentEsporte access_time02/06/2020 07:30

Os treinos profissionais estão liberados pelo Governo do Estado desde o dia 11 de maio

29 anos da conquista da Copa do Brasil

commentCriciúma EC access_time02/06/2020 13:10

No dia 2 de junho de 1991, o Tigre conquistava o maior título da sua história e do futebol catarinense

Governo começa a pagar os R$ 600,00

Sistema deve ser atualizado pelas prefeituras

comment Jornalismo access_time06/04/2020 - 09:00

Reportagem: Redação Eldorado

Foi confirmada na manhã desta segunda-feira que os primeiros benefícios criados para enfrentar a crise do coronavírus serão disposnibilizados a partir de amanhã, terça-feira. Os primeiros a receber serão os trabalhadores enquadrados nos critérios estabeelcidos e que possuam conta na Caixa. Já para os correntistas do Banco do Brasil a liberação deve acontecer na quarta-feira, depois de amanhã. O vakor é de R$ 600,00. É aquele anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro logo que iniciou a fase mais crítica da doença no Brasil.

Os beneficiários estão divididos em três grupos:

1) pessoas que já estão no cadastro único do governo como beneficiários de programas sociais (à exceção do Bolsa Família)

2) beneficiários do Bolsa Família

3) trabalhadores informais.

O primeiro grupo - aqueles inseridos no Cadastro Único exceto os do Bolsa Família - devem começar a receber o coronavoucher nesta semana. A data ainda está sendo fechada, mas o governo prevê que seja até sexta-feira. São cerca de 10 milhões de pessoas.

O segundo grupo é o das pessoas que estão cadastradas no Bolsa Família. As que recebem o benefício e preenchem os requisitos do coronavoucher receberão os dois valores na mesma data que já recebem o Bolsa Família.

O pagamento, portanto, seguirá o cronograma normal do Bolsa e será feito a partir do dia 16 (O Bolsa Família tem o pagamento dividido em diversos dias). Aqui são 12 milhões de pessoas.

O terceiro grupo é o dos autônomos. Como não há um cadastro específico para eles, o governo vai lançar um aplicativo nesta semana para que eles se cadastrem. O governo então irá analisar se eles preenchem os requisitos. Seus dados serão encaminhados, por exemplo, à Receita Federal e ao Dataprev, o sistema de dados da Previdência.

Depois serão devolvidos para que a Caixa Econômica Federal possa fazer o pagamento. A própria Caixa calcula que demorará 48 horas para fazer o pagamento após receber o aval da Dataprev. Esse é o a maior grupo, com cerca de 30 milhões de pessoas.

O governo, porém, não tem ainda uma data para esses pagamentos. Uma reunião com integrantes do Ministério da Cidadania e da Caixa deve ser realizada nas próximas horas para tratar do assunto. A ideia, porém, é que os pagamentos desse grupo comecem a ser feitos antes do dia 16.

A ideia de lançar um aplicativo e de aventar os pagamentos em subgrupos foi revelada pela CNN na semana passada, bem como a preocupação do governo com o incremento de beneficiários.

FONTE: Governo Federal e portal CNN Brasil

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Governador recebe comitiva de Criciúma

commentJornalismo access_time02/06/2020 16:32

Entre as medidas liberação de R$ 8,4 milhões para pavimentação

Av. Santos Dumond fechada a partir desta quarta (3)

commentJornalismo access_time02/06/2020 15:58

Obras do Canal Auxiliar irão interromper o tráfego na via. Ainda não há previsão de liberação

  Edital Cultura Criciúma irá contemplar 70 projetos

commentJornalismo access_time02/06/2020 15:50

As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de junho

  Projeto Proteja uma Criança

commentJornalismo access_time02/06/2020 15:40

Iniciativa pretende prevenir a violência sexual contra criança

  Inverno será colorido

commentJornalismo access_time02/06/2020 15:00

Consultora de moda orienta sobre looks para o inverno