Notícias em destaque

  Produtos que auxiliam no bronze para verão

commentJornalismo access_time27/10/2020 11:40

A farmacêutica Felice Shnack da Farmácia Manipulatus explicou sobre o assunto

Conselho Técnico define data de início e fórmula de disputa da Copa Santa Catarina

commentEsporte access_time27/10/2020 07:30

O campeão ganha uma vaga para a Copa do Brasil de 2021

Tigre empata em 0 a 0 com o São Bento

commentCriciúma EC access_time26/10/2020 20:00

Com a igualdade, o Criciúma retornou ao G-4

Nenhuma região de SC está em situação gravíssima

Esta é a melhor condição do Estado desde o mês de junho, quando a avaliação começou a ser realizada

comment Jornalismo access_time24/09/2020 - 13:25

Reportagem: Jornalismo / Rádio Eldorado (com informações da Secom) - Foto: Ricardo Wolffenbuttel

A Matriz de Risco Potencial atualizada nesta quinta-feira (24), pela Secretaria de Estado da Saúde, apontou pela primeira vez que Santa Catarina não conta com nenhuma região em estado Gravíssimo. Essa é a melhor condição do estado em relação ao risco de contaminação pelo novo coronavírus desde junho.

“Desde o início da pandemia, contamos com o apoio da população em adotar as medidas de prevenção preconizadas. Também ampliamos os leitos de UTI em todas as regiões, garantindo atendimento aos catarinenses com agravamento da doença. Investimos, acima de tudo, na saúde da população e em preservar vidas, porém com medidas para manter o emprego e renda das famílias no estado”, ressalta o governador Carlos Moisés.

A única alteração desta semana no mapa aconteceu com a região Nordeste, que foi reclassificada do estado gravíssimo para grave. O Extremo Oeste é a única região classificada como risco Alto (cor amarela) e as demais seguem na condição de risco grave (laranja).

Em junho, Santa Catarina chegou a ter 12 regiões de saúde no patamar gravíssimo. "Isso não significa que a pandemia acabou, pelo contrário. Temos que continuar com as ações recomendadas e lembrando que questões como o distanciamento e o isolamento dos casos são fundamentais para que às regiões, que hoje estão em estado grave possam avançar nesse enfrentamento", afirma o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro.

A matriz de risco potencial das regiões foi atualizada durante a semana no site www.coronavirus.sc.gov.br e os dados foram divulgados preliminarmente aos municípios catarinenses. Mais uma vez, as dimensões relacionadas à taxa de isolamento social e de isolamento dos casos foram as que mais contribuíram para o cenário grave das regiões. Além disso, são avaliadas as dimensões de ampliação de leitos e de reorganização de fluxos assistenciais.

A portaria 658 permite o retorno gradual de diversas atividades apenas nas regiões com o risco alto e moderado.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

  Produtos que auxiliam no bronze para verão

commentJornalismo access_time27/10/2020 11:40

A farmacêutica Felice Shnack da Farmácia Manipulatus explicou sobre o assunto

Cemitérios de Criciúma sem missas no Dia dos Finados

commentJornalismo access_time27/10/2020 10:08

A decisão foi tomada em função da pandemia da Covid-19

  Terça-feira (27) com nebulosidade e calor em Criciúma

commentJornalismo access_time27/10/2020 07:12

Confira a previsão do tempo com Ronaldo Coutinho

  Nutricionista orienta sobre alimentação saudável

commentJornalismo access_time26/10/2020 15:15

Mudanças bruscas não são recomendadas na hora de iniciar uma dieta

  Clínica André Lima: Sábado especial para avaliações no dia 14 de novembro

commentJornalismo access_time26/10/2020 13:00

O assunto foi abordado no Revista Eldorado desta segunda-feira (26)