Notícias em destaque

Nações Shopping sorteia finais de semana em Urubici para celebrar o Dia dos Namorados

commentJornalismo access_time24/05/2024 11:59

A campanha ‘Sorte no Amor’ segue até 13 de junho.

Caravaggio conquista o Campeonato Catarinense Sub-21 B

commentEsporte access_time13/05/2024 08:38

Azulão da Montanha ficou com o título após derrotar o Juventus por 4 a 1.

Sub-15 e Sub-17 do Criciúma vencem o Hercílio fora de casa

commentCriciúma EC access_time13/05/2024 10:02

Os resultados garantiram as duas categorias do Criciúma na vice-liderança do Campeonato Catarinense.

Dia Internacional da Cruz Vermelha: conheça a atuação da instituição em Criciúma

Com cerca de 40 anos de história e 50 voluntários ativos, entidade atua em 12 projetos sociais no município.

comment Jornalismo access_time08/05/2024 - 16:11

Reportagem: Redação

Conhecida no mundo inteiro por sua atuação em cenários de conflitos armados, desastres naturais e situações de calamidade pública, a Cruz Vermelha é uma das principais instituições de ajuda voluntária que existe atualmente. Dada a importância de seu trabalho ao longo dos séculos, 8 de maio é considerado o Dia Internacional da Cruz Vermelha.

Apesar do início de sua história ser datado em 1863, segundo o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, a sociedade de socorro voluntário foi consolidada em Criciúma no dia 8 de dezembro de 1984. Desde então, tem se tornado uma das principais referências de voluntariado no município.

“Nós atuamos aqui na cidade há quase 40 anos, e já prestamos apoio em diversas situações de emergência e catástrofes. Dentre eles, a ajuda humanitária pós-furacão Catarina é uma das mais notáveis”, explicou o vice-presidente da Cruz Vermelha de Criciúma, Almir Fernandes. A tragédia, que deixou mais de 15 mil pessoas desabrigadas, contou com a Cruz Vermelha de Criciúma para o socorro às vítimas, corte de árvores, arrecadação de donativos e transporte dos materiais doados.

No entanto, foi a partir da pandemia que a organização intensificou seus trabalhos, já que após diversas iniciativas de campanhas e ações solidárias foi criado um banco de dados para o cadastro prévio dos mais necessitados.

“Atualmente, são mais de 100 instituições assistenciais cadastradas, incluindo Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e serviços sociais de municípios das regiões da Amrec, Amesc, Amurel e Amures. Nós realizamos a doação de donativos toda quinta-feira, na sede da entidade, por meio de um rodízio de municípios, com critério de urgência e necessidade. Isso dá uma média de 300 famílias por mês, cerca de 1.200 pessoas”, ressaltou Fernandes.

Equipe Multi-Institucional

Junto à Equipe Multi-Institucional, a Cruz Vermelha de Criciúma está à frente de 12 projetos e campanhas educativas e preventivas, contando com o apoio de 50 voluntários ativos. “Nós nos organizamos para trabalhar nas principais campanhas da região, como a do agasalho, no Banco de Olhos, na Fábrica de Fraldas Solidárias, na Rede de Proteção à Vida, em passeios ciclísticos e muito mais”, afirmou o vice-presidente.

Atualmente, a Equipe Multi-Institucional está à frente da campanha S.O.S RS, arrecadando donativos para o Rio Grande do Sul, que se encontra em situação de calamidade devido às enchentes. Além da ajuda humanitária ao estado gaúcho, a campanha já realizou ações nas seguintes regiões:

  • Extremo Sul Amesc/Amrec (dez 1995);
  • Norte RS e Sul SC - Furacão Catarina (março 2004); - Sul SC Criciúma/Forquilhinha-Tornado (jan 2005);
  • ⁠Vale do Itajaí / Rio do Sul (maio 2008); - Forquilhinha (maio 2008);
  • Capivari de Baixo (out 2010);
  • Forquilhinha/ Araranguá (2011);
  • Jacinto Machado (2013);
  • Ponte Serrada (nov 2013);
  • Xanxerê (nov 2013);
  • Petrolândia (nov 2013);
  • Forquilhinha (fevereiro 2014);
  • Lages (out 2014);
  • Taió (out 2015);
  • Rio do Sul (out 2015);
  • Capivari de Baixo/Tubarão (2015); - Xanxerê (2016);
  • Jaguaruna (2019);
  • Praia Grande (set 2020);
  • Arroio do Silva (março 2023);
  • Praia Grande (junh 2023);
  • Cidades do RS (setembro 2023).

    Os interessados em se tornar voluntários ou realizar doações podem entrar em contato pelo telefone (48) 99954-1370 ou pelas redes sociais, por meio do @cruzvermelhacriciuma.

Colaboração: Luis Miguel e Manuela Linemburger - Assessoria voluntária da disciplina de Assessoria de Comunicação, do curso de Jornalismo do Centro Universitário SATC, sob supervisão da professora Nádia Couto

Foto: Cruz Vermelha

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Nações Shopping sorteia finais de semana em Urubici para celebrar o Dia dos Namorados

commentJornalismo access_time24/05/2024 11:59

A campanha ‘Sorte no Amor’ segue até 13 de junho.

Voluntários unem forças para enviar kits de atividades e brinquedos para crianças no RS

commentJornalismo access_time22/05/2024 13:30

Mais de 100 conjuntos com livros de pintar, de história, lápis de cor, massinha e brinquedo já foram destinados a abrigos e comunidades

HSJosé: menina de oito anos celebra o fim da radioterapia com um momento de alegria

commentJornalismo access_time22/05/2024 13:08

Colaboradoras da instituição se vestiram de princesas e fizeram o dia de Maria Antônia Cascaes ainda mais especial

Mulheres produzem bolachas para atingidos pelas enchentes no RS

commentJornalismo access_time17/05/2024 16:20

Voluntárias produziram mais de seis mil bolachas caseiras que serão destinadas ao estado gaúcho.

Coopercocal envia equipe de eletricistas para ajudar comunidades no RS

commentJornalismo access_time15/05/2024 17:31

A iniciativa representa um esforço conjunto entre as cooperativas de Santa Catarina filiadas a FECOERUSC (Federação Catarinense das Cooperativas de Eletrificação Rural), que se uniram para oferecer suporte na restauração dessas estruturas vitais.